Seleção: tumulto na venda de ingressos

A disputa pelos últimos 15 mil ingressos para a partida de quarta-feira entre Argentina e Brasil foi grande nesta segunda-feira, nas bilheterias do estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires. Houve princípio de tumulto e algumas pessoas feridas. Os bilhetes se esgotaram e o estádio estará lotado. Há muita expectativa no país para o clássico sul-americano, contrariando a opinião do técnico brasileiro Carlos Alberto Parreira, segundo o qual o jogo será um ?amistoso de luxo?. "O que quis dizer é que o jogo não será uma final de Copa do Mundo, que as duas seleções já estão classificados, usei um eufemismo..." O treinador não faz mistério e confirmou o time para enfrentar a Argentina. Fará apenas duas alterações. Saem Belletti e Lúcio, ambos suspensos, para a entrada de Cafu e Juan. O quarteto de atacantes - Kaká, Ronaldinho Gaúcho, Adriano e Robinho- que foi bem no jogo contra o Paraguai, será mantido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.