Koen Van Weel/EFE
Koen Van Weel/EFE

Seleções de Holanda e Espanha fazem amistoso em Amsterdã

'Inimigos íntimos', times se enfrentaram nas Copas de 2010 e 2014

EFE

31 Março 2015 | 09h39

Finalistas da Copa do Mundo de 2010, que se reencontraram no ano passado no Brasil, Holanda e Espanha duelarão mais uma vez nesta terça-feira, às 15h45 (horário de Brasília), em amistoso na Amsterdam Arena.

Na África do Sul, os comandados de Vicente del Bosque levaram a melhor por 1 a 0, na prorrogação e levantaram a taça. Em 13 de junho de 2014, no entanto, foi a vez da seleção laranja dar o troco, e com estilo, vencendo por 5 a 1. A goleada foi início da campanha holandesa que culminaria com a terceira colocação no Mundial, e foi o primeiro capítulo de uma terrível campanha dos espanhóis, eliminados ainda na primeira fase, depois de também perderem para o Chile e ganharem da Austrália.

Depois do torneio, a situação mudou, contudo, já que os atuais bicampeões europeus começam a se reencontrar e, apesar da derrota para a Eslováquia pelas Eliminatórias para a Eurocopa de 2016, caminham tranquilos para a competição continental. A Holanda, por outro lado, só conseguiu sete pontos em cinco jogos na qualificatória. No sábado, os comandados por Guus Hiddink arrancaram empate com a Turquia em 1 a 1, nos acréscimos. Caso as Eliminatórias acabassem hoje, os três vezes vice-campeões do mundo seriam obrigados a disputar respecagem.

Para o jogo desta terça-feira, a seleção laranja não contará outra vez com o meia-atacante Arjen Robben e o atacante Robin Van Persie, ambos lesionados. Com isso, a responsabilidade será outra vez de Wesley Sneidjer, que chutou bola que bateu em Klaas-Jan Huntelaar antes de entrar, para evitar derrota contra a Turquia. O jogador do Galatasaray, aliás, fará a partida de número 111 com a camisa da Holanda, se igualando ao zagueiro Frank de Boer, segundo com mais atuações pela seleção, atrás apenas do goleiro Edwin van der Sar, que entrou em campo 130 vezes.

A Espanha, por sua vez, deverá atuar com um time inteiramente diferente, com relação ao que venceu a Ucrânia por 1 a 0, nesta sexta-feira, pelo grupo C das Eliminatórias para a Eurocopa de 2016. O técnico Vicente del Bosque prepara 11 mudanças, pelo menos isso ficou indicado no treinamento realizado nesta segunda-feira na Amsterdam Arena.

As principais novidades deverão ser as estreias dos meias Mario Suárez e Vitolo Machín, além do atacante Juanmi. Além disso, Iker Casillas provavelmente dará lugar a David de Gea, também para que o veterano seja poupado. A presença do titular do Manchester United na equipe titular é um pedido antigo de torcedores e imprensa local.

HOLANDA x ESPANHA

HOLANDA - Cillessen; Van der Wiel, De Vrij, Martins Indi e Blind; De Jong, Dost (ou Narsingh), Sneijder e Afellay; Huntelaar e Depay. Técnico: Guus Hiddink.

ESPANHA - De Gea; Carvajal, Bartra, Albiol e Bernat; Suárez, Fàbregas e Cazorla; Pedro, Vitolo e Juanmi. Técnico: Vicente del Bosque.

Árbitro: William Collum (Escócia), auxiliado pelos compatriotas Graham Chambers e Frank Connor.

Estádio: Amsterdam Arena, em Amsterdã (Holanda).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.