PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP
PATRICIA DE MELO MOREIRA / AFP

Seleções europeias retomam disputa nas Eliminatórias após vitória da Itália na Eurocopa

Portugal e França buscam vitória nesta quarta-feira para aumentar distância na pontuação e encurtar caminho para a Copa do Catar; Itália, Inglaterra e Alemanha jogam nesta quinta

Rodrigo Sampaio, O Estado de S.Paulo

01 de setembro de 2021 | 10h18

Quase dois meses após a vitória da Itália na Eurocopa, as seleções europeias retomam a disputa nas Eliminatórias da Copa do Mundo do Catar nesta quarta-feira. Portugal e França entram em campo com o objetivo de abrir ainda mais a distância na pontuação de seus respectivos grupos e dar mais um passo rumo ao Mundial do Catar, em 2022. 

Esta será a primeira vez que Cristiano Ronaldo vai entrar em campo após deixar a Juventus e acertar seu retorno ao Manchester United. Aos 36 anos, o jogador eleito cinco vezes o melhor do mundo segue como a principal referência da seleção lusitana, que atualmente conta com uma geração considerada ainda melhor tecnicamente do que a que levantou à taça de campeão da Euro em 2016. 

A equipe comandada por Fernando Santos tem em seu elenco cinco jogadores que brilham no Campeonato Inglês: Bruno Fernandes (Manchester United), Bernardo Silva e Rúben Dias (Manchester City), Diogo Jota (Liverpool) e Rui Patrício (Wolverhampton). Caso vença a Irlanda nesta quarta, a seleção pode abrir sete pontos da primeira equipe fora da zona de classificação no Grupo A. Tudo depende de um eventual tropeço de Luxemburgo para o Azerbaijão.

Em situação ainda mais cômoda, a França, líder do Grupo D com sete pontos, quer uma vitória sobre a Bósnia para aumentar a distância da Ucrânia, segunda colocada na chave. O time de Didier Deschamps também tenta dar uma resposta após a queda precoce na Eurocopa. A atual campeã mundial foi eliminada nos pênaltis para a Suíça após abrir 3 a 1 e permitir o empate do adversário. A penalidade decisiva foi desperdiçada por Mbappé, pivô da novela com o maior número de capítulos nesta janela de transferências. Tentando uma ida ao Real Madrid, ele fica no PSG após o clube francês rejeitar oferta de 180 milhões de euros  (R$ 1,1 bilhão). 

Nesta quinta-feira, será a vez de a Itália entrar em campo, embalada pelo título de melhor da Europa. Pelo Grupo C, no qual lidera com 9 pontos, a Azzurra encara a Bulgária em casa. Diferentemente de outras potências europeias, a classificação para a Copa do Mundo do Catar tem um peso maior para a seleção italiana. Campeã em quatro oportunidades, a Azzurra acabou ficando fora do Mundial da Rússia. 

O fracasso levou a uma grande reformulação, com a efetivação de Roberto Mancini no cargo de técnico e a implementação de um futebol ofensivo. Principal destaque do time, o brasileiro naturalizado Jorginho recebeu recentemente o prêmio de Melhor Jogador da Europa, credenciando-se para as disputas da Bola de Ouro e para o Fifa the Best. 

Em situações opostas, Inglaterra e Alemanha também jogam nesta quinta. Enquanto os ingleses, atuais vice-campeões da Euro, têm 100% de aproveitamento nas Eliminatórias, a Alemanha está fora da zona de classificação no Grupo J e necessita vencer Liechtenstein fora de casa para não se complicar. No Grupo I, a seleção inglesa enfrenta a Hungria, segunda colocada na chave. Vale lembrar que apenas o primeiro colocado da cada chave estarão na Copa do Catar e mais os segundos colocados em repescagem. 

JOGOS DAS ELIMINATÓRIAS EUROPEIAS DA COPA

QUARTA-FEIRA, 01/09

Portugal x Irlanda - 15h45 (TNT Sports)

França x Bósnia- 15h45 (Space e Estádio TNT Sports)

QUINTA-FEIRA, 02/09

Itália x Bulgária -15h45 (TNT Sports)

Hungria x Inglaterra - 15h45 (Estádio TNT Sports)

Liechtenstein x Alemanha - 15h45 (Estádio TNT Sports)

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.