Lucas Uebel/Divulgação
Lucas Uebel/Divulgação

Sem 4 titulares, Grêmio visita Figueirense para se manter na briga

Time gaúcho tenta não se distanciar de Corinthians e Atlético-MG

Estadão Conteúdo

03 de setembro de 2015 | 08h06

O Grêmio vem de dois empates consecutivos que deixaram Corinthians e Atlético-MG abrirem vantagem nas primeiras colocações do Campeonato Brasileiro. No entanto, o time havia conseguido certa distância dos adversários em posições inferiores na tabela. Nesta quinta-feira, às 21 horas, o time tricolor visita o Figueirense com a certeza que continuará em terceiro lugar, mas com a dúvida se ainda terá força para reagir e brigar pelo título ou se a disputa será apenas pela Libertadores.

O técnico Roger Machado não contará com quatro titulares em relação ao time que empatou com o Coritiba sem gols, no domingo. O meia Douglas está suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o atacante Luan, na seleção olímpica, o goleiro Marcelo Grohe, na seleção brasileira, e o zagueiro Erazo, na seleção equatoriana. Os respectivos substitutos devem ser Maxi Rodríguez, Bobô, Tiago e Bressan.

"Estou muito feliz de voltar. Todo mundo sabe o carinho que tenho pelo Grêmio. Já conhecia o Roger, é muito bom trabalhar com ele e agora espero ajudar todo o grupo que está fazendo um grande Campeonato Brasileiro", comentou Bressan que fará sua reestreia pela equipe.

O zagueiro esteve emprestado nos últimos oito meses para o Flamengo. O Grêmio requisitou sua volta após negociar Rhodolfo para o futebol turco. Além dos quatro jogadores, o time continua sem poder contar com o volante Maicon, que está em recuperação de lesão muscular. Edinho continuará como titular.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoGrêmio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.