Sem Adriano, Inter vence o CSKA pela Liga dos Campeões

Time italiano conta com ajuda de goleiro russo para vencer fora de casa e assumir a liderança do grupo G

REUTERS

23 de outubro de 2007 | 17h45

A Inter de Milão assumiu a liderança provisória do grupo G da Liga dos Campeões após derrotar o CSKA por 2 a 1 em Moscou pela terceira rodada desta chave. Agora, a equipe italiana tem seis pontos, enquanto o time russo permanece na última posição da chave com apenas um ponto. Mais tarde o Fenerbahçe de Zico (com quatro pontos), pega o PSV (com três pontos) fora de casa.   Sem o atacante brasileiro Adriano - que não foi inscrito na Liga dos Campeões - a Inter via o meia português Figo completar 100 partidas na principal competição de clubes da Europa.   O time italiano entrou em campo com uma formação com três jogadores de força no meio-campo - Vieira, Cambiasso e Dacourt -, estratégia que foi por água abaixo após o ex-jogador da Juventus se machucar e dar lugar a Stankovic aos 16 minutos. Dezesseis minutos mais tarde, o CSKA abriu o placar, quando o meia Daniel Carvalho achou Jô na entrada da área e o atacante brasileiro deu um toquinho de cobertura para vencer Júlio César.   Na primeira etapa do confronto, Daniel Carvalho aparecia muito bem, tanto nas jogadas de bola parada como nos lançamentos para os homens de frente do time russo, enquanto pela Inter o melhor era Figo, que tentava algo pelos lados do campo. Aproveitando a desestabilização do time de Milão, o CSKA poderia ter chegado ao segundo com o meia Aldonin, que puxou um ótimo contra-ataque aos 35 minutos, mas ele chutou fraco.   As únicas oportunidades da Inter no primeiro tempo saíram dos pés do sueco Zlatan Ibrahimovic, porém o goleiro do time da casa apareceu nas duas oportunidades do artilheiro.   A partida deu uma reviravolta logo no início da etapa final, quando Crespo empatou o confronto. Aos 6 minutos do segundo tempo o artilheiro argentino marcou o seu de primeira após receber passe de cabeça de seu compatriota Cambiasso. Logo depois Ibrahimovic teve uma chance clara depois de passe de Stankovic, mas ele a desperdiçou. Enquanto isto, o CSKA tentava marcar o gol da vitória, mas o brasileiro Julio César apareceu sempre muito bem no gol da Inter, inclusive em perigosa finalização de Daniel Carvalho.   Quando as duas equipes pareciam conformadas com o empate, o zagueiro argentino Samuel marcou de cabeça após cobrança de falta do português Figo aos 35 minutos para garantir o triunfo da equipe de Milão.   O CSKA, que não vence na Liga dos Campeões há seis partidas, sentiu claramente falta do artilheiro brasileiro Vágner Love.

Tudo o que sabemos sobre:
Liga dos Campeões da Uefa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.