Lucas Figueiredo/CBF
Lucas Figueiredo/CBF

Sem Alex Sandro, Tite começa a esboçar escalação da seleção brasileira e faz mistério

Treinador comanda penúltimo treino, na Granja Comary, antes de final da Copa América com a Argentina

Redação, O Estado de S.Paulo

08 de julho de 2021 | 21h58

Teresópolis - A seleção brasileira fez nesta quinta-feira seu penúltimo treino em preparação para a final da Copa América diante da Argentina, sábado, às 21 horas, no Maracanã. Tite comandou uma atividade tática sem a presença do lateral-esquerdo Alex Sandro, que dificilmente terá condições de jogar a decisão, e começou a esboçar a equipe.

Na Granja Comary, em Teresópolis, Tite conduziu um treino em campo reduzido, com 11 jogadores de cada lado e testou algumas formações para montar o time que enfrentará os argentinos. O treinador pediu que o treino não fosse exibido e a CBF TV mostrou somente imagens dos aquecimentos dos atletas.

O treinador trabalhou com 24 jogadores à sua disposição. Alex Sandro continua em trabalho de fisioterapia e foi substituído nos exercícios por Lucas Esteves. O jovem lateral do Palmeiras foi chamado para reforçar o grupo da Copa América nos treinamentos.

Alex Sandro sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda em treinamento na semana passada e desfalcou a equipe nas últimas duas partidas, contra Chile e Peru. Sua presença na decisão com a Argentina é muito improvável. Dessa forma, Renan Lodi deve seguir entre os titulares.

O Brasil não poderá contar com Gabriel Jesus, suspenso pela Conmebol por dois jogo pela expulsão contra os chilenos. A tendência é de que Tite escale a mesma formação que começou o jogo contra o Peru, na última segunda, com Everton Cebolinha no lugar do atacante do Manchester City.

A seleção brasileira encerra a preparação para a final da Copa América nesta sexta-feira e de noite a delegação viaja de Teresópolis para o Rio de Janeiro. A equipe está invicta há 13 partidas, ostenta a melhor campanha da Copa América e vai atrás de décimo título do da competição.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.