Francisco Cedrim/CSA
Francisco Cedrim/CSA

Sem Apodi e Jonatan Gomez, CSA encerra participação na Série A contra o São Paulo

Já rebaixada, equipe alagoana tentar dar adeus à Série A com vitória, já que vem de duas derrotas consecutivas

Redação, Estadão Conteúdo

08 de dezembro de 2019 | 14h39

Rebaixado à Série B, o CSA encerra sua participação no Brasileirão frente ao São Paulo neste domingo, às 16 horas, no estádio Rei Pelé. O técnico interino Jacozinho terá quatro desfalques. São eles: o lateral Apodi, lesionado, e os volantes João Vitor e Jean Cleber, suspensos, além do meia-atacante Jonatan Gómez, por questões contratuais. O primeiro foi o principal destaque do time na competição.

O treinador, no entanto, poderá contar com o zagueiro Alan Costa, que formará dupla defensiva com Luciano Castán, e Euller, ambos retornando após ficarem de fora por suspensão. O segundo terá ao seu lado no meio de campo nomes como Bruno Alves, Dawhan, Nilton e Hector Bustamente. Ricardo Bueno será a referência no ataque.

"Vamos poder contar com Alan Costa e com o Euller, dois jogadores que somam para a nossa equipe. Vamos procurar jogar mais fechado para tentar arrancar uma vitória contra o São Paulo. Queremos terminar com a cabeça erguida", falou o treinador, que indicou a possibilidade de testar jovens da base.

"Esses jogos servem como experiência. Vamos aproveitar o momento para dar chance a alguns jogadores. Lucas Dias, por exemplo, entrou bem apesar da derrota para a Chapecoense. É um atleta que carrega o futuro do CSA", completou.

Vindo de duas derrotas consecutivas, o CSA entra na última rodada na 18ª colocação, com 32 pontos. O primeiro fora da zona de rebaixamento, o Ceará soma 38. A equipe alagoana vem de revés por 3 a 0 para a Chapecoense.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.