Sem Beckham, brasileiro vira a grande estrela nos EUA

Com a ausência do astro inglês, brasileiro Luciano Emílio é o principal nome da Major League Soccer

Amanda Romanelli, do Estadão,

23 de outubro de 2007 | 20h30

A temporada regular - que pode ser entendida como a primeira fase da Major League Soccer - terminou no domingo e, do sofá de casa, o inglês David Beckham irá assistir à consagração de outro craque no futebol norte-americano. Com a eliminação do Los Angeles Galaxy, o caminho está aberto para que o brasileiro Luciano Emílio se torne, efetivamente, o astro da competição. O atacante do DC United já ofuscou a estréia de Beckham: fez o gol da vitória por 1 a 0 contra o Galaxy, em agosto. No domingo, foi agraciado com a Chuteira de Ouro, prêmio dado ao artilheiro da temporada regular, após marcar 20 gols. O paulista Luciano, de 28 anos, já esperava fazer história. Mas não pensou que isso seria tão rápido. "A verdade é que eu tinha muita expectativa, mas não esperava tanto sucesso", disse nesta terça, por telefone, desde Washington. E Luciano pode mais. O United tem a melhor campanha da disputa, com 16 vitórias em 30 jogos, e classificou-se em primeiro para os playoffs. Na quarta-feira, enfrenta o Chicago Fire. Ao fim do campeonato, o brasileiro também pode ser premiado como o melhor atleta do campeonato ou melhor estreante da liga. Antes de chegar ao United, no início do ano, Luciano fez história em Honduras. Chegou, inclusive, a ser sondado para uma naturalização, o que descartou. Portas abertas, talvez, para a seleção brasileira? "Esse é o meu grande sonho." E sonhar não custa nada. Afinal, quem conhecia Afonso até ele se tornar um dos grandes goleadores europeus de 2006?

Tudo o que sabemos sobre:
MLSLuciano EmílioDavid Beckham

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.