Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians e Cesar Greco/Agência Palmeiras
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians e Cesar Greco/Agência Palmeiras

Sem 'brigões' e surpresas nas escalações de Corinthians e Palmeiras

Felipe Melo, suspenso, e Clayson, machucado, estão fora. Rivais não fazem segredo sobre a formação inicial

Ciro Campos, Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

13 Maio 2018 | 06h59

Protagonistas da confusão no primeiro jogo da decisão do Campeonato Paulista, Felipe Melo e Clayson não vão se encontrar neste domingo. O volante do Palmeiras está suspenso pelo terceiro cartão amarelo enquanto o atacante do Corinthians se recupera de lesão no joelho direito. A tendência é que as equipes não tenham surpresas para o clássico. 

+ Leia mais sobre o Corinthians

+ Leias mais sobre o Palmeiras

O Corinthians deve repetir a formação que derrotou o Vitória na quinta-feira. Além de Clayson, Renê Júnior, Ralf, Fagner, Leo Santos e Danilo estão machucados. O atacante Pedrinho, destaque nos últimos dois jogos, deve continuar como titular e Matheus Vital fica como opção no banco de reservas. 

“O Palmeiras mudou muito a forma de jogar, antes tinha mais mobilidade dos três meias, hoje eles estão mais fixos. A gente tem que estar atento. Será mais difícil penetrar na defesa deles, mas previsível para marcar. Temos de estar atentos aos contra-ataques”, analisou o técnico Fábio Carille. 

Além de Felipe Melo, o Palmeiras também não terá o meia Moisés. Para Roger Machado, a entrada de Thiago Santos deve mexer um pouco com o esquema tático da equipe. “O que a gente vai ter de bom é que o Thiago é potente para encurtar as bolas no meio, tem um número de bolas roubadas muito alto”, analisou o comandante palmeirense.

Algo que demonstra a importância que os dois times dão ao clássico é que embora ambos tenham compromissos importantes pela Libertadores no meio da semana que vem, eles descartam poupar titulares. O Palmeiras joga na quarta-feira contra o Junior Barranquilla, no Allianz Parque, e o Corinthians vai até a Venezuela enfrentar o Deportivo Lara, na quinta.

Mais conteúdo sobre:
Corinthians Palmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.