Sem cabeçada e com aperto de mão, Zidane reencontra Materazzi

Zinedine Zidane cumprimentou com um aperto de mão Marco Materazzi, o zagueiro a quem o francês derrubou com uma cabeçada na final da Copa de 2006, segundo relato feito na quinta-feira pelo próprio italiano.

REUTERS

09 de dezembro de 2010 | 19h22

O encontro casual aconteceu em novembro num hotel de Milão, aonde Materazzi, da Inter de Milão, havia ido para visitar seu ex-treinador José Mourinho, hoje no Real Madrid. Zidane trabalha como consultor do time espanhol.

"O que foi dito fica entre nós. Digamos que fui eu quem falei mais, e no final ele me estendeu a mão, eu a apertei com firmeza até que ele olhou adequadamente no meu olho", disse Materazzi à TV Mediaset.

"É isso que eu queria. Para mim foi ótimo, não sei para ele."

Zidane foi expulso depois de cabecear o peito do italiano na final de 2006, último jogo da carreira do meia francês. A Itália foi campeã nos pênaltis, após empate de 1 x 1 na prorrogação.

(Reportagem de Mark Meadows)

Tudo o que sabemos sobre:
FUTMATERAZZIZIDANE*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.