Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br
Carlos Gregório Jr. / vasco.com.br

Sem chances na Libertadores, Vasco quer vitória fora para entrar na Sul-Americana

Equipe precisa vencer por mais de um gol de diferença para chegar ao terceiro lugar do grupo

Estadão Conteúdo

22 de maio de 2018 | 07h06

Sem chances de avançar na Copa Libertadores, o Vasco entrará em campo às 21h30 (de Brasília) desta terça-feira para se despedir do Grupo E contra a Universidad de Chile. Em último lugar na chave, o time carioca tem como meta e motivação a terceira posição, que dá vaga na segunda fase da Copa Sul-Americana. Para tanto, precisará vencer os chilenos no estádio Nacional, em Santiago.

+ Vasco volta aos treinos e Henrique pede calma no Chile por vaga na Sul-Americana

No quarto e último lugar da chave, com apenas dois pontos, o time comandado pelo técnico Zé Ricardo precisa vencer por pelo menos dois gols de diferença para entrar na outra competição continental. Triunfo por um gol de vantagem, empate ou derrota afundam os cariocas na última posição do grupo, fora de qualquer torneio internacional na temporada.

Para tanto, o Vasco terá que mostrar boa evolução em relação à performance que exibiu ao longo da fase de grupos da Libertadores. No primeiro duelo contra os chilenos, logo na estreia, o time carioca foi batido por 1 a 0, em casa, no mês de março. Desde então, foram dois empates e duas derrotas - ambas pelo mesmo placar de 4 a 0.

O que dá esperanças ao torcedor vascaíno é que a Universidad de Chile tampouco tem mostrado bom futebol na competição. Foi da equipe chilena a derrota mais dolorida da fase de grupos, um sonoro 7 a 0 para o Cruzeiro, no fim de abril, em Belo Horizonte.

"O pensamento é o melhor possível. Fizemos uma viagem longa depois de um jogo difícil e desgastante contra o Flamengo, mas estamos confiantes. Nosso grupo é forte, independente de quem for jogar, o Vasco estará bem representado. Se não acreditássemos, nem viríamos para cá", garantiu o meia Thiago Galhardo, que voltara ao time no clássico do último sábado - empate por 1 a 1 - pelo Campeonato Brasileiro.

Thiago Galhardo será um dos reforços da equipe, após fazer o seu retorno como titular contra o Flamengo. Recuperado de lesão, ele é um dos 22 relacionados do time e deve ser a opção de Zé Ricardo para começar jogando novamente.

O treinador não deve poupar titulares por causa da boa distância para o jogo seguinte, contra o Bahia, no domingo, pelo Brasileirão. Zé Ricardo não antecipou a escalação, mas deve colocar Fabrício na lateral esquerda porque Henrique vai cumprir suspensão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.