Sem clube desde novembro, Guti anuncia aposentadoria

O espanhol Guti anunciou nesta sexta-feira que está abandonando o futebol profissional. Aos 35 anos, o agora ex-jogador, um dos símbolos do Real Madrid do início dos anos 2000, oficializou a decisão após ficar quase dez meses sem nenhum clube, desde que deixou o Besiktas em novembro do ano passado.

AE, Agência Estado

21 de setembro de 2012 | 16h37

"A decisão já está tomada. Chegaram algumas ofertas, mas decidi deixar o futebol. Quero passar mais tempo com a minha família", declarou o jogador, em entrevista à rádio do jornal espanhol Marca.

Guti saiu do Besiktas após desentendimentos com o técnico Carlos Carvalhal. Sua carreira, no entanto, ficou marcada pela passagem pelo Real Madrid, onde atuou por quase 400 vezes entre 1995 e 2010.

O jogador, que inclusive fez parte da equipe "galáctica" madrilenha, exaltou esta identificação com o clube e disse que gostaria de treinar as categorias de base no Real. "Vou fazer um curso de diretor esportivo e de treinador. Quero treinar equipes de base. Gostaria de ser técnico da base do Real Madrid. Tenho esta ilusão", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolGutiaposentadoria

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.