Franck Fife/AFP
Franck Fife/AFP

Sem confirmar equipe, Bélgica faz último treino antes de pegar a França

Roberto Martínez deverá fazer apenas uma mudança na equipe, com a suspensão do lateral Meunier

Estadão Conteúdo

09 Julho 2018 | 08h06

O técnico Roberto Martínez comandou nesta segunda-feira o último treino da Bélgica antes da semifinal da Copa do Mundo. A atividade aconteceu em Moscou e antecedeu a viagem a São Petersburgo, onde os algozes do Brasil vão encarar a França nesta terça-feira, às 15 horas (de Brasília), na luta por uma vaga na decisão.

+ Semifinalista, seleção da Bélgica é uma mistura de nacionalidades

+ Thierry Henry, o inimigo íntimo da seleção da França na semifinal

+ Copa terá semifinais com menos títulos conquistados desde 1966

Como de costume, a imprensa teve acesso apenas aos 15 minutos iniciais de treino, e o que se viu foi um clima bastante descontraído entre os jogadores durante o aquecimento, em meio a brincadeiras e risadas. Depois disso, quando Martínez de fato trabalharia seu time, os portões foram fechados.

A única dúvida na escalação está na lateral direita. O titular Meunier está suspenso, após levar o segundo cartão amarelo diante do Brasil, e Chadli deverá ocupar o seu lugar. A entrada do volante do Tottenham na posição deve abrir uma vaga pela esquerda, que seria ocupada pelo reserva Vermaelen.

 

Caso esta mudança seja confirmada, a Bélgica pode ter até seu esquema tático alterado para encarar a França. Afinal, a equipe vinha jogando no 3-4-3 durante o Mundial, mas nesta terça, deve ter quatro zagueiros em campo - Alderweireld, Kompany, Vertonghen e Vermaelen - compondo uma linha defensiva.

Se escalar o time com esta alteração, Martínez deverá levar a Bélgica para tentar sua primeira final de Copa com: Courtois; Alderweireld, Kompany, Vertonghen e Vermaelen; Chadli, Witsel e Fellaini; De Bruyne, Hazard e Lukaku.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.