Paulo Fernandes/Divulgação
Paulo Fernandes/Divulgação

Sem contratações de peso, Jorginho aposta na base para 2016

Vasco vai disputar a Série B na próxima temporada 

Estadão Conteúdo

26 de dezembro de 2015 | 10h25

Com apenas um contratado para a próxima temporada até agora, o técnico Jorginho, do Vasco, vai apostar na base para reforçar o elenco vascaíno durante a pré-temporada, em janeiro. O time vive momento difícil em termos de reforços porque só anunciou Yago Pikachu e a lista de dispensas supera uma dezena.

"Decidimos trazer outros garotos para a pré-temporada. Queremos ambientá-los, deixá-los mais à vontade e, ao mesmo tempo, fazer com que eles conheçam a nossa forma de trabalhar", explica o treinador, que deve contar com até oito reforços no elenco vindos da base vascaína.

Os possíveis novos jogadores do time principal são: o goleiro Gabriel Félix, o zagueiro Kadu, o lateral-esquerdo Alan, o volante Andrey, os meias Matheus Índio e Evander, os atacantes Caio Monteiro e Paulo Vitor.

Para entrarem na equipe em bom ritmo, alguns iniciaram um trabalho antes da pré-temporada, agora no mês de dezembro. "Esse trabalho que antecede a pré-temporada é muito importante para que todos cheguem ao profissional mais equilibrados. É importante que eles se apresentem da melhor maneira possível. Esse processo deu certo nesse ano. O Mateus Vital e o Kayzer evoluíram muito depois que chegaram ao profissional", comenta Jorginho.

"O período em que eles ficarão conosco será de grande valia. Seguiremos esse processo de observação e alguns outros, certamente, serão incorporados após a Copinha. Vão seguir jogando no sub-20, mas treinarão conosco. Acho importante esse contato constante com a base, pois facilita e acelera a adaptação do atleta", aprova o treinador.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolVascoJorginho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.