Sem Cris, Cruzeiro muda esquema tático

Com um novo esquema tático, o Cruzeiro enfrenta o Goiás amanhã, às 20h30, no Mineirão, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem poder contar com Cris, que integra a delegação da Seleção Brasileira no Haiti, o técnico Marco Aurélio decidiu abandonar a formação com três zagueiros - utilizada desde quando chegou à Toca da Raposa - e optou pelo tradicional 4-4-2. O time mineiro busca reabilitação após a derrota por 1 a 0 para o Juventude, em Caxias do Sul (RS), na última rodada. O Cruzeiro ocupa a 12ª posição na tabela, com 34 pontos. A idéia do treinador é acabar com o "isolamento" dos atacantes celestes. "Era um pensamento meu fazer essa modificação, para que a gente tenha mais gente no meio chegando à frente. Temos de buscar resultados", afirmou. Com a alteração tática, Marco Aurélio foi obrigado a promover duas mudanças. Márcio, que vinha atuando improvisado na ala direita, voltou para o meio-campo, seu setor de origem. Na lateral-direita, Marco Aurélio, que não atua há seis rodadas, ganhou uma nova chance. O técnico deverá contar com o retorno do volante Maldonado, que, lesionado na coxa direita, não participou da derrota para o Juventude. O chileno e o lateral-esquerdo Leandro, sentindo dores na região pubiana, foram poupados das atividades na reapresentação do grupo, na segunda-feira, mas hoje participaram do treinamento.

Agencia Estado,

17 de agosto de 2004 | 17h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.