Paulo Novais/EFE
Paulo Novais/EFE

Sem Cristiano Ronaldo e com invasão de campo, Portugal bate Azerbaijão pelas Eliminatórias

Com gols de Bernardo Silva, André Silva e Diogo Jota, seleção lusitana vence por 3 a 0 fora de casa e segue firme na liderança do Grupo A na classificação europeia

Redação, Estadão Conteúdo

07 de setembro de 2021 | 15h52

Portugal segue firme sua caminhada para estar na Copa do Mundo do Catar. Nesta terça-feira, mesmo sem o astro Cristiano Ronaldo, os comandados de Fernando Santos não tiveram dificuldades para ganhar do Azerbaijão, por 3 a 0, no Estádio Olímpico de Baku. Com o resultado, a seleção lidera o Grupo A com 13 pontos.

Na reta final da partida, houve invasão de campo de torcedores que queriam registrar o momento em fotos com o português Bruno Fernandes, companheiro de Cristiano Ronaldo no Manchester United e um dos destaques da vitória. A segurança rapidamente interveio e os minutos finais puderam ser disputados em uma das sedes da Eurocopa.

Pepe e João Palhinha, recuperados de lesão, foram as novidades entre os titulares. Suspenso após levar o segundo cartão amarelo no triunfo diante da Irlanda, Cristiano Ronaldo foi liberado e se apresentou ao Manchester United.

Apesar dos retornos, quem apareceu para abrir o marcador foi Bernardo Silva, aos 25 minutos. Recebeu o lançamento de Bruno Fernandes na área e com toque de classe, carimbou a trave antes de a bola balançar as redes.

Aos 30 minutos, novo cruzamento longo de Bernardo Silva, na esquerda, bola escorada para trás por Diogo Jota e gol de André Silva. Ainda no primeiro tempo, vantagem enorme dos visitantes. A definição do placar viria do astro do Liverpool e concorrente de Roberto Firmino. Diogo Jota recebeu de João Cancelo e fechou a conta, levando Portugal aos 13 pontos.

Para se manter isolado na ponta do Grupo A, os portugueses vão torcer para a Sérvia não ganhar em sua visita à Irlanda, ainda nesta terça-feira. Os sérvios somam 10 pontos e podem igualar a campanha do time do Fernando Santos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.