Rubens Chiri/São Paulo
Rubens Chiri/São Paulo

Sem Diego Souza, São Paulo treina e se despede da Flórida

Com incômodo muscular, atacante ficou fora da última atividade nos Estados Unidos e será avaliado no Brasil

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de janeiro de 2019 | 19h36

O atacante Diego Souza foi o único desfalque do São Paulo no último treino da equipe na Florida, nos Estados Unidos, realizado nesta segunda-feira. Com um incômodo muscular na panturrilha esquerda, o jogador ficou no hotel em recuperação. Assim que desembarcar na capital paulista, ele será submetido a exames para definir se há alguma lesão

Embora tenha sido o artilheiro da equipe na última temporada, Diego Souza perdeu espaço como centroavante após a contratação de Pablo, que chegou com investimentos de R$ 26 milhões. Agora, ele treina para recuperar a melhor forma física para brigar pela posição no comando do ataque.

O treinamento envolveu trabalhos táticos em campo reduzido. Após a atividade conduzida pelo técnico André Jardine, a delegação se dirigiu ao aeroporto para retornar ao Brasil.

O time desembarca na terça-feira na capital paulista e ganha folga. O time volta aos treinos na quarta-feira, no CT da Barra Funda. A estreia na temporada 2019 acontece no próximo sábado, diante do Mirassol, no Pacaembu, na primeira rodada do Campeonato Paulista.

O São Paulo ficou na última posição na Florida Cup. O time de Jardine foi derrotado pelo Eintracht Frankfurt, da Alemanha, por 2 a 1, e pelo Ajax, da Holanda, por 4 a 2. Como havia planejado, Jardine conseguiu utilizar praticamente todos os jogadores do elenco. Os únicos não utilizados foram Luicas Perri, Junior, Gonzalo Carneiro, Tréllez (que foi emprestado ao Internacional) e Edimar.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.