Sem dificuldades, Bayern vence Valencia na estreia da Liga dos Campeões

O Bayern de Munique estreou com vitória no Grupo F da Liga dos Campeões da Europa nesta quarta-feira. Com gols de Schweinsteiger e Toni Kroos, a equipe alemã derrotou o Valencia por 2 a 1, na reedição da final do torneio continental da temporada 2000/2001, quando o time da Baviera bateu os espanhóis nos pênaltis. Valdez descontou.

AE, Agência Estado

19 de setembro de 2012 | 18h02

Apesar do placar apertado, o Bayern foi superior durante toda a partida e perdeu diversas chances de ampliar a diferença, muito em função da boa atuação do goleiro brasileiro Diego Alves. O primeiro gol alemão saiu apenas aos 38 minutos, quando Robben achou Schweinsteiger livre pela direita. O meia recebeu e bateu cruzado.

Na volta para a segunda etapa o cenário era o mesmo e os mandantes seguiam exercendo pressão. Mesmo assim o segundo gol também demorou a sair e só aconteceu aos 31 minutos, com Toni Kroos, que recebeu na meia-lua, ajeitou e chutou no ângulo direito do goleiro brasileiro.

Com a vantagem o Bayern relaxou e permitiu que o Valencia crescesse. A equipe espanhola começou a ameaçar e conseguiu diminuir já nos acréscimos, com o paraguaio Nelson Valdez, após cruzamento da esquerda. O time alemão respondeu e ainda teve um pênalti a seu favor antes do apito final, mas Diego Alves defendeu a cobrança de Mandzukic.

Na outra partida do Grupo F, o BATE Borisov surpreendeu o Lille e, mesmo atuando fora de casa, venceu por 3 a 1. Com um futebol envolvente, o time da Bielo-Rússia abriu 3 a 0 ainda no primeiro tempo, com gols de Volodko, Rodionov e Olekhnov. Só quando o adversário diminuiu o ritmo, na etapa final, os franceses conseguiram marcar o gol de honra, com Chedjou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.