Sem dinheiro, Lusa promove quatro jogadores da base

O zagueiro Jeferson, o lateral-direito Cascardo, o meia Formiga e o atacante Jussa vão treinar no time principal da Portuguesa

Estadão Conteúdo

13 de janeiro de 2015 | 20h33

Sem dinheiro para fazer grandes contratações, a Portuguesa decidiu aproveitar quatro jogadores que disputaram a Copa São Paulo de Futebol Júnior. Apesar da eliminação na primeira fase, o zagueiro Jeferson, o lateral-direito Cascardo, o meia-atacante Formiga e o atacante Jussa passarão a treinar no time principal sobre o comando de Ailton Silva.

Técnico do time que disputou a Copa São Paulo, Esquerdinha mostrou-se muito satisfeito com a promoção do quarteto. "Fico bastante contente por isso porque o objetivo da Copinha é esse: revelar jogadores", afirmou o treinador, que acredita no sucesso dos quatro no futuro, apesar da queda precoce no torneio.

Jeferson, Cascardo, Formiga e Jussa surgem como alternativas para o elenco escasso de Ailton Silva. Do grupo de 2014, permaneceram 12 jogadores: os goleiros Douglas, Rafael Santos e Tom, os zagueiros Gustavo Tabalipa e Valdomiro, os laterais-esquerdos Jean Mota e Luan Peres, o volante Renan, os meias Fran, Léo Costa e Gabriel Xavier e o atacante Marcelinho.

O atacante Luan também chegou a se reapresentar, mas decidiu acionar a Justiça para rescindir seu contrato. O jogador de 18 anos alegou estar com três meses de salários atrasados, além de 13.º salário e premiações. Há o temor de que outros jogadores sigam o mesmo destino.

Além dos 12 remanescentes, a Portuguesa também já definiu 11 reforços, embora ainda não oficializou nenhum. Entre os contratados estão os zagueiros Alex Lima e Guilherme Almeida, os laterais-direitos Filipi Souza e Fabinho Capixaba, os laterais-esquerdos Bruno Bertucci e Paulo Henrique, o volante Betinho, os meias Cleiton e Diego e os atacantes Hugo e Galindo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPortuguesa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.