Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Sem Dudu e Willian, Felipão prepara ataque 'alternativo'

Borja e Deyverson buscam por vaga ao lado de Scarpa contra o Atlético-MG

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

06 Novembro 2018 | 11h00

O técnico Luiz Felipe Scolari não terá seus dois principais atacantes para o jogo diante do Atlético-MG, domingo, em Belo Horizonte, em rodada válida pela 33ª rodada do Brasileirão. Dudu, principal referência ofensiva da equipe, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. O atacante Willian desfalcou o time na vitória sobre o Santos em função de uma lesão muscular na coxa esquerda e ficará mais duas semanas fora aproximadamente. "Segunda-feira iniciando forte os trabalhos para voltar o quanto antes", escreveu o atacante em suas redes sociais.

Com a ausência dos dois, o treinador terá um ataque diferente em Minas Gerais. Gustavo Scarpa será novamente escalado após sua participação no clássico diante do Santos. Como referência na área, o treinador poderá escolher entre Borja e Deyverson.

Como o julgamento das polêmicas do jogo Palmeiras e Ceará pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) foi adiado (a pedido do clube nordestino), Deyverson poderá ser escalado - ele aguarda nova data para saber se será punido (um a seis jogos) ou absolvido. Felipão também poderá tentar uma formação com os dois atacantes, situação que utilizou no final da partida diante do Boca Juniors pela semifinal da Libertadores. O meia Hyoran é outra opção para o ataque.

O Palmeiras volta aos treinamentos nesta terça-feira após dois dias de folga. Após a vitória sobre o Santos, Felipão afirmou que o grande desafio da reta final da temporada é administrar o cansaço da equipe em função da maratona de jogos. Faltando seis rodadas para o final do Brasileirão, o Palmeiras lidera o torneio com cinco pontos de vantagem para o Internacional.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.