Sem Edmundo, Vasco tenta sair da crise

Sem contar com o atacanteEdmundo, com fratura em duas costelas, o Vasco enfrenta o Grêmio às 18h, em São Januário, pelo Campeonato Brasileiro. O timevascaíno ocupa as últimas colocações e já se aproxima da zona derebaixamento. Um novo fracasso vai agravar ainda mais a situaçãodelicada em que a equipe se encontra. O meia Marcelinho diz que este não é o momento para seprocurar culpados pelas derrotas e sim de todos se unirem emprol do Vasco. "É hora de cada um assumir suaresponsabilidade", afirmou o jogador. De acordo com ele, o erroestá no conjunto da equipe e não em um único atleta. Para substituir o veterano Edmundo, o técnico MauroGalvão escalou outro dois jogadores veteranos: Valdir eDonizete. Os dois nunca atuaram juntos, mas contam com aconfiança do treinador. O mesmo vale para o meia Beto, que farásua primeira partida em São Januário, vestindo a camisavascaína. Além desta mudança no ataque, Galvão, insatisfeito com aatuação da zaga na goleada para o Cruzeiro na última rodada,decidiu trocar Fabiano por Wescley. Wellington Paulo será ooutro zagueiro. "Fico chateado porque as falhas aconteceram deforma muito clara", disse o treinador. Galvão também não contacom o lateral-direito Russo e o volante Bruno Lazaroni, ambossuspensos. Claudemir e Da Silva serão os substitutos,respectivamente. Na lateral-esquerda, Ozéa ganha uma novaoportunidade. Edinho e Wellington Monteiro não agradaram aotécnico nos treinamentos.

Agencia Estado,

19 de julho de 2003 | 16h12

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.