Sem encanto, Guarani mantém a fé

O Guarani perdeu o encanto dentro do Brinco de Ouro após a derrota sofrida diante do Náutico, por 4 a 1, na última sexta-feira, mas ainda mantém a fé de que pode chegar ao quadrangular final do Campeonato Brasileiro da Série B. O técnico Luiz Carlos Ferreira reconhece que está difícil, mas não impossível.Ele toma como exemplo a reação do time na primeira fase, quando era lanterna na quinta rodada e terminou em terceiro lugar. O cálculo é somar nove pontos nos últimos quatro jogos, dois deles em casa e dois fora. O próximo compromisso será em casa diante do Marília, na sexta-feira. O vexame diante do Náutico quebrou a invencibilidade do time campineiro em Campinas, onde tinha oito vitórias e dois empates.Marília - A vitória sobre a Portuguesa por 3 a 1, devolveu a tranqüilidade aos jogadores, segundo o técnico Wladimir Araújo. Ele até admite manter um time ofensivo contra o Guarani.Santo André - O time terá que arriscar tudo contra o Avaí, em Florianópolis, para voltar a brigar por uma vaga no Grupo A. O técnico Sérgio Soares admite novas mudanças no time.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.