Site oficial do Coritiba
Site oficial do Coritiba

Sem espaço no Inter, Anderson é anunciado como reforço do Coritiba

Meia assina contrato até o fim do ano com o clube paranaense

Estadao Conteudo

22 Fevereiro 2017 | 17h34

A diretoria do Coritiba anunciou nesta quarta-feira mais um reforço para a temporada de 2017. Sem espaço no elenco do Internacional e descartado pelo técnico Antônio Carlos, o meio-campista Anderson acertou com o clube paranaense e assinou contrato até o fim do ano.

"Estou muito feliz por estar aqui. Agradeço a oportunidade e vou representar esta camisa. Com certeza, quero fazer história no clube", declarou em entrevista ao site do Coritiba. "Meu trabalho aqui é colocar um pouco mais de qualidade no meio de campo."

Anderson teve uma trajetória decepcionante no Inter. Contratado em 2015 para ser um dos destaques do elenco, teve problemas para manter a forma, oscilou demais de produção e nunca rendeu o que dele se esperava. Por isso, se tornou um dos principais alvos dos protestos da torcida do ano passado.

Após a queda para a Série B, Anderson viu sua trajetória no Inter chegar ao fim. Antônio Carlos deixou claro desde o início do ano que não contava com o jogador, o que fez com que a diretoria do Inter o liberasse para negociar com o Coritiba há cerca de duas semanas. E em sua chegada, o jogador explicou como aconteceu a conversa, com direito à participação de Alex, ídolo do clube paranaense.

"O presidente (Rogério Bacellar) me ligou, o Alex também falou comigo. O objetivo agora é tentar ganhar o Paranaense, que já faz quatro anos que não conseguimos. Vou dar o máximo para este objetivo e também para tentar uma vaga na Libertadores. Temos time e jogadores para isso, além de uma torcida maravilhosa", afirmou.

Apesar de ter ainda 27 anos, Anderson tem uma longa trajetória no futebol. Com 15, chegou aos profissionais do Grêmio como grande promessa. Rapidamente, foi negociado para o Porto e, depois, para o Manchester United, onde passou a atuar como volante. Problemas físicos, no entanto, tiraram seu espaço e ele foi para a Fiorentina, onde fracassou, antes de ser negociado com o Inter em 2015.

Mais conteúdo sobre:
Inter futebol Coritiba

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.