Divulgação
Divulgação

Sem espaço no Palmeiras, Renato é emprestado ao Joinville

Volante fica no clube catarinense até o fim do Brasileiro

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

12 de maio de 2015 | 16h19

O Palmeiras acertou nesta terça-feira o empréstimo do volante Renato para o Joinville. O jogador de 23 anos fica no clube catarinense até o fim do Campeonato Brasileiro. Ele tem contrato com o Alviverde até junho de 2019.

No total, Renato fez 44 jogos pelo Palmeiras e fez um gol, contra o Internacional, no Brasileiro do ano passado. Nesta temporada, teve poucas oportunidades. Foram dez jogos, sendo cinco como titular e outros cinco saindo do banco de reservas. Ele chegou ao Palmeiras em 2012 e foi emprestado ao modesto Moreirense, de Portugal, onde retornou em 2013 e ficou no Palmeiras desde então.

Durante apresentação oficial do jogador, o presidente do Joinville, Nereu Martinelli disse que ter acertado com o ex-palmeirense é um sonho antigo. “Vocês podem ter certeza, se não temos os três melhores, temos uns dos melhores volantes do Brasil, podem acreditar no que estou falando”, disse o dirigente.

O Joinville será responsável pelo pagamento integral do salário do jogador. “Foram muitas ligações e muitas tentativas de trazer o Renato, ele chega com salários dentro do nosso padrão, até achei que ele fosse pedir mais, mas o valor é dentro da nossa realidade”, explicou Martinelli.

Antes de chegar com a equipe catarinense, que vai enfrentar o Palmeiras no próximo domingo, Renato pediu conselhos para o volante Marcos Assunção e para César Sampaio, dirigente do Joinville. “Quando se trata de um clube como o Joinville que honra seus compromissos dentro e fora de campo, pra mim é uma honra estar aqui e fazer parte deste grupo. Me informei com um dos meu ídolos, Marcos Assunção, que falou muito bem do futebol Catarinense e claro com Cesar Sampaio na equipe e com o Presidente Nereu, me reuni com minha família e decidi vir defender o JEC”, afirmou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.