Sem 'estrelas', Santos viaja a Assunção de olho na vitória contra Cerro

Time paulista precisa vencer para não depender de outros resultados na última rodada

EFE

12 de abril de 2011 | 14h26

SANTOS - O Santos viajou nesta terça-feira para Assunção sem os suspensos Neymar, Elano e Zé Eduardo e com a obrigação de vencer o Cerro Porteño, na quinta-feira, fora de casa, para permanecer com chances de avançar às oitavas de final da Taça Libertadores.

 

Os três foram expulsos na partida da semana passada, na qual o Santos venceu o Colo Colo por 3 a 2. No entanto, para minimizar esses desfalques, o técnico Muricy Ramalho contará com o reforço de três jogadores: o volante Arouca, o lateral Jonathan e o atacante Diogo. Os três voltaram a treinar com bola na segunda-feira e poderão entrar em campo em Assunção.

 

"Estão liberados para jogar, mas sua escalação depende da avaliação da comissão técnica", admitiu o médico do Santos, Rodrigo Zogaib.

 

No ataque e por falta de opções, o treinador terá que escalar Keirrison e Maikon Leite juntos.

"Terei minha primeira oportunidade com Muricy.

 

Venho trabalhando forte e tenho outros dois dias de treino para me preparar e mostrar o máximo nesta partida", afirmou Keirrison.

 

Apesar dos desfalques e da pressão de ter de vencer o Cerro no Paraguai, os jogadores do Santos viajaram bem esperançosos.

 

"O Santos terá 18 guerreiros em Assunção", afirmou o capitão Edu Dracena ao se referir à delegação que viajou ao Paraguai.

 

"Lógico que (Elano, Neymar e Zé Eduardo) são jogadores importantes, mas o Santos não conta apenas com três atletas. Somos um grupo. Seremos 11 em campo batalhando até o final. Temos muita confiança no grupo e em retornar com uma vitória", acrescentou o capitão.

 

O Santos é terceiro do grupo 5 da Libertadores com cinco pontos e precisa de uma vitória em Assunção para não depender de outros resultados na última rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.