Paulo Whitaker / Reuters
Paulo Whitaker / Reuters

Sem Everton, Aguirre deve mexer em várias peças no São Paulo diante do Fluminense

Além do atacante, Jucilei e Nenê também estão suspensos, enquanto dois jogadores podem voltar a ser utilizados

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

27 Agosto 2018 | 08h38

O técnico Diego Aguirre terá de fazer algumas mudanças na escalação do São Paulo para manter a liderança do Campeonato Brasileiro diante do Fluminense, no Morumbi, no próximo domingo. Com a suspensão de Jucilei, Nenê e Everton, que também apresenta problema muscular, o treinador terá de mexer em várias peças. Para compensar as baixas, o São Paulo terá as voltas de Hudson e Liziero.

No caso de Jucilei, Hudson ou Liziero pode ganhar a vaga. Isso não muda drasticamente as características do time. Para o lugar de Nenê, artilheiro do São Paulo na temporada com 12 gols, Shaylon é o candidato principal.

Para o lugar de Everton, Aguirre tem algumas opções. Ele pode escalar Régis na lateral direita, com Bruno Peres adiantado na segunda linha. Foi essa a mudança feita neste domingo, na vitória sofrida sobre o Ceará, no Morumbi. Com a formação, Bruno Peres teve liberdade para se aproximar da área para concluir. Foi dele o gol da vitória aos 32 minutos.

Outra opção é escalar Edimar na lateral esquerda e adiantar Reinaldo para atuar como se fosse um meia. Essa mudança foi utilizada na vitória diante do Corinthians por 3 a 1. Reinaldo foi o grande destaque ao marcar dois gols.

"Teremos que buscar alternativas para substituir Jucilei, Nenê e Everton. Mas hoje também não estava Hudson, não estava Liziero, isso vai acontecer. Desfalques fazem parte das coisas normais. Temos que trabalhar e buscar o resultado no próximo jogo em casa para continuar onde estamos", afirmou o treinador.

Nesta segunda-feira, apenas os jogadores que não atuaram se reapresentam no CT da Barra Funda. O elenco completo volta a treinar na quarta-feira.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.