Sem Ezequiel e Romero, Cruzeiro inicia preparação para final da Copa do Brasil

Treinador começa semana sem poder contar com suas duas opções mais recorrentes para a lateral-direita

Estadao Conteudo

04 de setembro de 2017 | 20h11

O técnico Mano Menezes iniciou nesta segunda-feira a preparação do Cruzeiro para o jogo contra o Flamengo, na quinta-feira, no jogo de ida da final da Copa do Brasil. E o treinador começou a semana sem poder contar com suas duas opções mais recorrentes para a lateral-direita do time mineiro.

Ezequiel, que é lateral de ofício, ficou de fora por conta de uma pubalgia. E o argentino Lucas Romero, que é volante mas costuma ser improvisado na defesa, reclama de dores no tornozelo direito. Mano não indicou o que fará se não puder contar com os dois jogadores no jogo de quinta, no Maracanã.

Mano tem dúvidas também no ataque, mas não por causa de problemas físicos. As questões se devem à experiência e rendimento nos últimos jogos. O jovem Raniel vem exibindo boa performance e pode ganhar a disputa com Rafael Sóbis, que não emplaca boa sequência. Além deles, estão na disputa Arrascaeta, Elber e Rafinha.

São as opções de Mano Menezes para formar dupla com Alisson, que vive boa fase. Com a vaga praticamente garantida entre os 11 titulares, o atacante já sonha com o título. "É um grande sonho. Quem sabe posso realizar mais esse, como foi sendo campeão brasileiro. Você chegar aqui dentro da Toca, ver sua foto no quadro, seu nome ali dentro, todas as pessoas que passam aqui veem seu nome...", comentou o jogador, nesta segunda.

O bicampeão brasileiro pelo Cruzeiro projeta fazer história novamente no clube. "Quero continuar fazendo história, mais uma oportunidade agora. Junto com meus companheiros, comissão, podemos escrever uma nova história aqui dentro. É uma decisão, podemos conquistar um título maravilhoso para nós, que também daria a vaga para a Libertadores", afirmou.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
futebolCruzeiro Esporte ClubeAlisson

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.