Sem Fábio Costa, Santos quer Velloso

O goleiro Fábio Costa desfez a confusão envolvendo o seu nome e confirmou, nesta quarta-feira, que se apresenta ao Corinthians na manhã do dia 7 para assinar um contrato de dois anos, desmentindo a versão dos dirigentes do Santos de que teria desistido de mudar de clube e pretendia continuar na Vila Belmiro. Agora, o goleiro que passou a interessar ao Santos é Velloso, cujo contrato com o Atlético Mineiro termina hoje. Ele foi indicado pelo técnico Emerson Leão à diretoria para ser o novo titular do gol santistas. No início da tarde desta quarta-feira, Fábio Costa acabou com o sonho santista de mantê-lo na Vila Belmiro em 2004, ao divulgar uma nota oficial, através de seu assessor de imprensa, esclarecendo que em nenhum momento falou em desistir de sua transferência para o Corinthians. "A única coisa que é verdade nessa história toda é que eu liguei mesmo para o Marcelo (Teixeira, presidente do Santos) na última segunda-feira. Mas, na nossa conversa eu apenas agradeci pelo apoio que recebi por parte dele nos quase quatro anos em que estive no Santos e lhe desejei um Feliz Ano Novo", esclareceu o goleiro na nota oficial.Fábio Costa disse não saber de onde foram tiradas as informações de que teria voltado a negociar a renovação de contrato com o Santos. "Sempre tive um excelente relacionamento com o presidente. Liguei para ele como fiz com outros vários amigos que possuo para desejar felicidades em 2004", finalizou.Substituto - Leão considera Velloso um dos maiores goleiros do futebol brasileiro. Os dois trabalharam juntos nos anos 80, no Palmeiras. Velloso também teve uma rápida passagem pelo Santos, em 1993. Se não houver acordo com Velloso, o clube vai tentar contratar Danrlei, ex-Grêmio.O diretor de futebol Francisco Lopes confirmou nesta quarta-feira que houve sondagens de pessoas ligadas ao meia Ricardinho, do São Paulo, para sentir a viabilidade de uma transferência do jogador para a Vila Belmiro. "Trata-se de um atleta que iria bem no nosso time, mas não há a menor possibilidade de negociação em razão dos valores que seriam envolvidos. Consta que ele ganha R$ 400 mil por mês e que tem contrato até 2006. Nem ele e nem o São Paulo aceitaria o rompimento do contrato sem receber uma compensação", supõe o dirigente santista.Francisco Lopes confirmou que o Santos vai contratar mais um lateral-direito e um meia, mas não revelou nomes. Ele repetiu que o lateral-esquerdo Léo já acertou as bases do novo contrato e deve assinar nos próximos dias.Sobre Renato, Francisco Lopes diz que a situação continua indefinida. "Renato afirmou, mais de uma vez, que se não for para o exterior, a sua preferência é continuar no Santos", revelou. Porém, outros dirigentes santistas já dão como certa a saída do volante em razão do seu pedido, considerado "absurdo", para assinar um novo contrato.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.