Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians
Rodrigo Gazzanel/Ag. Corinthians

Sem Fagner, Jair volta a improvisar Gabriel e confirma escalação do Corinthians

Lateral-direito se recupera de uma fibrose e ficou na fisioterapia; treinador realizou coletivo pela manhã e encaminhou titulares para enfrentar o Flamengo na sexta-feira

João Prata, O Estado de S.Paulo

03 Outubro 2018 | 11h52

O técnico Jair Ventura confirmou nesta quarta-feira o Corinthians que enfrentará o Flamengo na sexta-feira, às 21h, pela 28.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Sem contar com Fagner, machucado, Gabriel entrará na lateral direita e Pedrinho volta ao banco de reservas para dar lugar a Jadson.

Depois de um trabalho físico, o treinador separou os titulares dos reservas e comandou um coletivo. A equipe principal foi escalada com: Cássio; Gabriel, Léo Santos, Henrique e Avelar; Ralf e Douglas; Romero, Jadson, Mateus Vital e Clayson.

Fagner continua o tratamento da fibrose na coxa esquerda e a expectativa dos médicos é que ele esteja apto para entrar em campo no primeiro jogo da final da Copa do Brasil contra o Cruzeiro, dia 10, no estádio do Mineirão.

Nesta quarta, Fagner ficou na fisioterapia junto com Jonathas, que tem problema semelhante, e Renê Júnior, que se recupera de cirurgia no joelho. Outro que voltou ao departamento médico foi o volante Paulo Roberto. Ele chegou a treinar com o elenco na segunda-feira, mas sentiu novamente dores musculares.

O início do trabalho marcou um encontro entre o elenco principal e a equipe sub-20. Os dois times posaram juntos para fotos, mas realizaram treinos em campos separados. A iniciativa visa integrar o departamento de futebol profissional com o centro de formação de atletas do clube. 

O Corinthians volta a treinar na tarde desta quinta-feira, no último trabalho antes do jogo contra o Flamengo. O time alvinegro ocupa a nona colocação na tabela do Campeonato Brasileiro, com 35 pontos, a apenas seis da zona de rebaixamento. A equipe rubro-negra está em quinto lugar, com 49 pontos, a quatro do líder Palmeiras.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.