Armando Babani / EFE
Armando Babani / EFE

Sem Götze e Reus, Löw convoca Alemanha para amistoso com o Brasil

Lesionado desde setembro, Neuer também fica fora e Ter Stegen deve ser titular no gol da equipe

Estadão Conteúdo

16 de março de 2018 | 11h46

O técnico Joachim Löw anunciou nesta sexta-feira os 26 convocados para representar a Alemanha nos amistosos contra a Espanha e o Brasil. O destaque da lista, no entanto, ficou por conta de duas ausências. Marco Reus e Mario Götze, ambos do Borussia Dortmund, foram preteridos pelo comandante da seleção.

+ Tite convoca Alex Sandro para amistosos na vaga do lesionado Filipe Luis

Autor do gol que deu o título da Copa do Mundo de 2014 à Alemanha, na decisão com a Argentina, Götze vive momento ruim técnica e fisicamente, chegou a ficar no banco do Dortmund em algumas oportunidades e corre o risco de ficar de fora do Mundial na Rússia.

Em relação a Reus, a questão é física. Prejudicado por lesões, o meia-atacante retornou apenas recentemente de uma nova contusão e, por isso, Löw optou por deixá-lo de fora no momento. O próprio treinador disse que, no momento, o mais importante é "dar tempo" para que o jogador recupere o ritmo de jogo.

Outro destaque da seleção que está fora da convocação é o goleiro Manuel Neuer. Sem jogar desde setembro do ano passado, graças a uma grave fratura no pé esquerdo, ele segue em recuperação e também vê em risco sua participação na Copa do Mundo. A tendência, então, é que Ter Stegen siga como titular do gol da seleção.

Entre os convocados, oito estiveram na Copa do Mundo de 2014 e reencontrarão a seleção brasileira após o histórico 7 a 1 da semifinal daquele torneio. São eles: Ginter, Hummels, Boateng, Khedira, Draxler, Toni Kroos, Özil e Thomas Müller. Apesar da goleada no último encontro, Löw elogiou a seleção brasileira e afirmou que enfrentará nestes amistosos dois dos candidatos ao título na Rússia.

"Tenho grande respeito por estes dois rivais e considero que eles estão mais fortes do que em 2014. Ambos estão em condições de alcançar o título na Rússia", considerou o treinador.

Atual campeã do mundo, a Alemanha encara a Espanha no dia 23 de março, em Düsseldorf, e o Brasil quatro dias mais tarde, em Berlim. A seleção está no Grupo F da Copa do Mundo, ao lado de Suécia, Coreia do Sul e México, seu adversário da estreia no dia 17 de junho, em Moscou.


Confira a convocação da Alemanha:

Goleiros: Kevin Trapp (Paris Saint-Germain), Bernd Leno (Bayer Leverkusen) e Marc-André ter Stegen (Barcelona).

Defensores: Marvin Plattenhardt (Hertha Berlin), Jonas Hector (Colônia), Mathias Ginter (Borussia Mönchengladbach), Mats Hummels (Bayern de Munique), Jerome Boateng (Bayern de Munique), Niklas Süle (Bayern de Munique), Joshua Kimmich (Bayern de Munique) e Antonio Rüdiger (Chelsea).

Meio-campistas: Sami Khedira (Juventus), Julian Draxler (PSG), Toni Kroos (Real Madrid), Sebastian Rudy (Bayern), Mesut Özil (Arsenal), Emre Can (Liverpool), Ilkay Gündogan (Manchester City), Leon Goretzka (Schalke) e Julian Brandt (Bayer Leverkusen).

Atacantes: Sandro Wagner (Bayern de Munique), Thomas Müller (Bayern de Munique), Leroy Sané (Manchester City), Mario Gómez (Stuttgart), Lars Stindl (Borussia Mönchengladbach) e Timo Werner (RB Leipzig).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.