Gustavo Oliveira/CAP
Gustavo Oliveira/CAP

Sem Grafite, Autuori fecha treino e faz mistério para estreia do Atlético-PR

Treinador não revela quem substitui o experiente atacante

O Estado de S.Paulo

06 de março de 2017 | 16h14

O técnico Paulo Autuori fez mistério no último treino do Atlético-PR antes da estreia na fase de grupos da Libertadores. Sem poder contar com o suspenso Grafite, o treinador não revelou seu substituto para encarar a Universidad Católica nesta terça-feira, às 21 horas, na Arena da Baixada.

Grafite está suspenso porque recebeu três cartões amarelos nos estágios preliminares da Libertadores. Sem o experiente centroavante de 37 anos, Autuori fez mistério no último treino antes do confronto. Nesta segunda-feira, ele permitiu que a imprensa acompanhasse somente 15 minutos da atividade, sem dar pistas sobre os titulares.

A tendência, no entanto, é que o Atlético-PR tenha somente uma novidade em relação ao time que derrotou o Deportivo Capiatá por 1 a 0 no último dia 22. Felipe Gedoz deve entrar na vaga de Grafite e atuar como meia, deixando Pablo como único atacante centralizado.

Outras dúvidas giravam em torno do zagueiro Paulo André e dos meio-campistas Lucho González e Nikão. Os três chegaram a ser poupados de alguns dos últimos treinos do Atlético-PR, mas a tendência é que estejam em campo como titulares diante da Universidad Católica.

Recém-contratado, o brasileiro naturalizado croata Eduardo da Silva ainda não tem condições físicas ideais e, por isso, foi vetado. Desta forma, o Atlético-PR deve ir a campo com: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Lucho González, Carlos Alberto, Felipe Gedoz e Nikão; Pablo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.