Jon Nazca/Reuters
Jon Nazca/Reuters

Sem jogar bem, Real Madrid vence apertado o Granada

Equipe do técnico Carlo Ancelotti voltou a passar sufoco

AE, Agência Estado

26 de agosto de 2013 | 18h12

GRANADA - Ainda que apenas no saldo de gols, o Real Madrid já está atrás dos rivais Barcelona e Atlético de Madrid no Campeonato Espanhol. Nesta segunda-feira, no seu segundo compromisso na competição, a equipe do técnico Carlo Ancelotti voltou a passar sufoco e venceu apertado o Granada, por 1 a 0, fora de casa.

Na primeira rodada, há oito dias, o Real Madrid também havia apresentado problemas, vencendo o Betis apenas por 2 a 1, em casa. Com isso, ocupa o quinto lugar do Espanhol, com seis pontos e saldo de dois. O Barcelona lidera com oito de saldo, seguido do Atlético de Madrid, que tem sete. Ambos já fizeram o que o Real ainda não conseguiu: convenceram.

Nesta segunda, Ancelotti escalou a equipe com um meio-campo formado por Isco, Modric, Özil e Di Maria. O primeiro gol não demorou a sair. Aos 10 minutos, Di Maria levantou na área, Cristiano Ronaldo errou feio do domínio, de forma que não costuma errar, mas acabou dando passe para Benzema encher o pé e estufar a rede adversária.

O Real continuou pressionando, mas abriu espaço para o Granada crescer a assustar o goleiro Diego López, que mais uma vez deixou Casillas no banco de reservas. Na segunda etapa, Casemiro entrou no lugar de Özil, que deixou o gramado direto para o vestiário, irritado.

Os donos da casa ainda assustaram com Isco, que carimbou a trave. No fim, o Granada voltou a pressionar, mas não chegou a dar muito trabalho para Diego López. Agora o Real Madrid treina durante toda a semana para enfrentar o Athletic Bilbao, domingo, no Santiago Bernabéu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.