Sem Leandro, Luxemburgo deve escalar três zagueiros

Treinador não gosta do 3-5-2, mas deve adotar esquema para a partida de domingo contra o Atlético-PR

Agencia Estado

29 de agosto de 2008 | 20h05

O Palmeiras pode adotar uma formação tática diferente para a partida contra o Atlético-PR, neste domingo, em Curitiba, pelo campeonato Brasileiro. Com a suspensão automática de Leandro, o técnico Vanderlei Luxemburgo treinou a equipe no 3-5-2 nesta sexta-feira, com três zagueiros de ofício.Veja também: Palmeirenses querem quebrar tabu na Arena da Baixada Dê seu palpite no Bolão Vip do LimãoGustavo, Jéci e Gladstone formaram a zaga do time paulista, enquanto os volantes Jumar e Sandro Silva ocuparam parte do meio-de-campo palmeirense junto com Diego Souza. Alex Mineiro e Kléber seguem no ataque. Na ala esquerda, o substituto de Leandro, que vem sendo um dos destaques do time neste Brasileiro, será Jefférson."Estou muito feliz com a oportunidade. Substituir um jogador como o  Leandro é sempre muito difícil pelas qualidades que ele tem, mas estou tranqüilo e espero fazer um grande jogo", disse Jefférson, autor de um gol pelo Palmeiras nas seis partidas que disputou pelo clube.Desta forma, a única dúvida de Luxemburgo é quanto a ala direita, na qual o técnico testou Élder Granja e depois Sandro Silva, quando Martinez entrou no time para atuar como volante. Já na outra lateral, o comandante palmeirense demonstrou confiança no substituto de Leandro."O Jefferson é um jogador que sabe jogar mais no 3-5-2 do que no 4-4-2. Se entrarmos com três zagueiros, ele ficará mais solto para apoiar. Ele tem qualidade no passe e no arranque. Isso é um ponto positivo", assinalou Luxemburgo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.