Sem Léo Moura, Luxemburgo promove mudanças no Fla

O técnico Vanderlei Luxemburgo promoveu mudanças no time do Flamengo no treino desta quarta-feira. Sem Léo Moura, que voltou a sentir dores no joelho direito, o treinador testou o lateral-direito Galhardo na equipe e devolveu Egídio à outra lateral.

AE, Agência Estado

18 de maio de 2011 | 19h59

No ataque, Wanderley ganhou mais uma chance entre os titulares, ao lado de Ronaldinho Gaúcho, que treinou normalmente após uma rápida viagem para Buenos Aires. O jogador participou de um programa de televisão na capital argentina na noite de terça, mas voltou a tempo de participar do treino desta manhã.

O time principal do Flamengo foi escalado com: Felipe; Galhardo, David, Welinton e Egídio; Willians, Renato, Bottinelli e Thiago Neves; Ronaldinho Gaúcho e Wanderley. Às vésperas da estreia do Flamengo no Brasileirão, contra o Avaí, no sábado, Luxemburgo cobrou empenho durante a atividade. "Eu quero fazer como no jogo. Vamos fazer direito porque eu quero ganhar esse Campeonato Brasileiro!", gritava o treinador.

Mais cedo, Luxemburgo perdeu Léo Moura, que voltou a sentir dores no joelho direito durante o treino da manhã. "É cedo para avaliar o tempo que ficarei de fora. Vamos ver como vou me sentir. Quero jogar bem. No momento estou sentindo uma dorzinha que incomoda bastante, mas não gosto de ficar parado no departamento médico", comentou o lateral, que tem poucas chances de jogar no fim de semana.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolFlamengoLuxemburgo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.