Sem Libertadores, Seedorf garante que Botafogo vai crescer

Após última partida time carioca não tem mais chances de disputar o torneio

AE, Agência Estado

19 de novembro de 2012 | 14h30

RIO - O Botafogo só cumpre tabela nas duas últimas rodadas do Brasileirão. Com a derrota por 2 a 0 para o Sport, domingo, na Ilha do Retiro, chegou ao fim a esperança de classificação para a pré-Libertadores do ano que vem, uma vez que o São Paulo não pode mais ser alcançado no quarto lugar.

Sem a possibilidade de atingir a meta, só restou aos jogadores alvinegros lamentar a sorte da equipe no Brasileirão. O mais experiente do elenco, o holandês Seedorf, acredita que o time tende a crescer apesar de ficar de fora da Libertadores.

"Infelizmente, acabou esse sonho. Queremos sempre o máximo, mas o Botafogo está construindo a longo prazo e o time vai crescer", garantiu Seedorf.

Ainda que o Botafogo não tenha mais chances de ir à Libertadores, o jogador Elkeson não quer que o time tire o pé na reta final do Brasileirão. "Infelizmente não era o que a gente almejava. A derrota nos deixa matematicamente fora da Libertadores da América. Agora temos dois jogos em casa para terminar bem o campeonato."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.