Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Sem Lucas, Palmeiras chama lateral da base para encarar o Coritiba

Marcelo Oliveira tem problemas para escalar a equipe alviverde

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

10 Agosto 2015 | 16h02

Embora tenha contratado 24 jogadores para essa temporada, o Palmeiras vai ter que improvisar ou apostar em um garoto que nunca atuou pelo time profissional na partida contra o Coritiba, quarta-feira, às 19h30, no Couto Pereira. O titular Lucas está suspenso pelo terceiro cartão amarelo e a falta de um jogador da posição fez com que o técnico Marcelo Oliveira chamasse o jovem Taylor, de 20 anos, para integrar o elenco que está concentrado para a partida e na terça-feira o garoto viaja para se juntar ao grupo. Outra opção será escalar o zagueiro Nathan no setor. 

O reserva de Lucas é João Pedro, mas o lateral está se recuperando de dores musculares e não tem condições de jogo. Taylor tem 20 anos e está treinando com o time profissional desde o início da semana passada. Um fato curioso é que o garoto era meia-atacante até o início deste ano, quando "quebrou um galho" na lateral do time sub-20, agradou e desde então não saiu mais da posição.

Além de Lucas, quem também está fora da partida por suspensão é o zagueiro Victor Ramos. Os dois, inclusive, voltaram para São Paulo. O atacante Lucas Barrios, desfalque contra o Cruzeiro por causa de dores na panturrilha, será reavaliado e pode ser que consiga ficar pelo menos no banco de reservas. 

Embora tenha chamado Taylor, a tendência é que Marcelo Oliveira opte pela improvisão do zagueiro Nathan na lateral, enquanto Jackson e Vitor Hugo disputam uma vaga na defesa. Amaral não agradou como substituto do volante Gabriel e corre o risco de deixar o time. Cleiton Xavier pode ser a novidade. Assim, o Alviverde pode encarar o Coritiba com Fernando Prass; Nathan, Jackson (Vitor Hugo), Leandro Almeida e Egídio; Arouca, Robinho, Cleiton Xavier, Rafael Marques e Dudu; Leandro Pereira. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.