Sem mais reforços, Leão testa jovens

Sem perspectiva de grandes contratações para reforçar a equipe no Campeonato Brasileiro, o técnico Émerson Leão começa a testar alguns jogadores com o objetivo de aproveitá-los nas posições em que o time se mostra mais carente. O jovem Robinho, de 18 anos, que até bem pouco tempo vinha atuando na categoria juvenil do Santos, pode ser uma das soluções para o ataque que, por enquanto, está sendo entregue à dupla Alberto e Fabiano Souza. Nas conversas que tem tido com os jogadores, o treinador deixa claro que não existem titulares para as posições-chave, como por exemplo, o ataque. Apesar dos elogios que tem feito ao jovem atleta, o técnico acha que ainda falta um pouco de objetividade nas conclusões a gol de Robinho, que precisa de mais treinamentos. William e Diego, Júlio César e Elano são outros jogadores que também estão sendo bastante observados por Leão nos treinos que antecedem o amistoso contra o Comercial de Ribeirão Preto, marcado para este sábado, às 15h30, no estádio Paula Travassos.Cobrança - Depois do goleiro Pitarelli anunciar a cobrança de salários atrasados na Justiça do Trabalho, é a vez do zagueiro Cléber tomar atitude idêntica. Por intermédio de seus procuradores, o atleta afirmou que não houve avanço nas conversações com a diretoria do Santos e, por esta razão, vai apelar judicialmente contra o clube, a fim de garantir seus direitos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.