Lucas Uebel/Grêmio
Lucas Uebel/Grêmio

Sem marcar desde 5 de maio, gremista André confia que encerrará jejum na quinta

'O gol vai sair na hora certa', diz o atacante do Grêmio que está há mais de 500 minutos sem balançar as redes

Redação, Estadão Conteúdo

23 de julho de 2019 | 21h07

Sem marcar um gol desde 5 de maio, o centroavante André, do Grêmio, confia que vai quebrar o jejum, quinta-feira, às 21h30, diante do Libertad, em Porto Alegre, pelo jogo de ida das oitavas de final da Copa Libertadores.

"O gol vai sair na hora certa. Não adianta eu me cobrar, vou trazer uma carga a mais para mim", disse André, nesta terça-feira, em entrevista coletiva. "Se eu não seguir (confiante), quem vai seguir, né? Claro que eu vivo de gols, estou acostumado a fazer e me cobro em relação a isso. Vivo situação atípica aqui, porque também é um time que não joga só para o centroavante, é o pessoal dos lados que faz mais gols. Tem que ter paciência e saber disso", afirmou o atacante, a mais de 500 minutos sem balançar as redes.

Com passagens pelo futebol europeu e também por Santos, Vasco e Corinthians, André, de 28 anos, afirmou saber lidar com a pressão que vem das arquibancadas. "O torcedor é emoção. Ele vai vaiar, vai aplaudir. Você vai ser ídolo, vai ser odiado. Tudo ao mesmo tempo. Eu sei como é isso. Estou super tranquilo. Sei da minha qualidade. Claro que o ideal seria o apoio, por dar mais tranquilidade e confiança. Mas estou bem focado e não deixo nada de fora me atrapalhar."

O técnico Renato Gaúcho orientou treino nesta tarde chuvosa de terça-feira na capital gaúcha. Durante a parte aberta do treino foi possível ver os jogadores divididos em três times com oito atletas de linha. O exercício tático foi realizado em campo reduzido e com limites de toques na bola.

Com exceção de Marcelo Oliveira, Michel e Vizeu, todos em recuperação de lesão, Renato terá todos os jogadores a sua disposição para o duelo diante dos paraguaios.

Mãe e filho

A atração do treino foi a presença do garoto Bernardo e de sua mãe, Taís. A dupla, que foi hostilizada após o Gre-Nal do último final de semana, no Beira-Rio, recebeu o carinho dos jogadores e do técnico Renato. Bernardo ganhou presentes e tirou foto com todos. O pai e o irmão do menino também participaram do encontro.

O Grêmio faz, nesta quarta-feira, o último treino para o duelo com o Libertad. O jogo de volta está marcado para dia 1º de agosto, em Assunção, no Paraguai.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.