Emilio Morenatti/AP
Emilio Morenatti/AP

Sem Messi, Barcelona encara Inter de Milão em duelo de líderes na Liga dos Campeões

Dembélé, Rafinha Alcântara e Vidal são opções para a vaga do argentino

EFE

24 de outubro de 2018 | 09h08

O Barcelona terá desafio complicado nesta quarta-feira contra a Inter de Milão, no estádio Camp Nou, em jogo pela liderança do grupo B da Liga dos Campeões da EuropaPara o time catalão, uma das grandes dificuldades será superar a ausência do atacante argentino Lionel Messi, que sofreu fratura no braço direito, durante o jogo com o Sevilla, disputado no sábado, pelo Campeonato Espanhol. O craque, devido ao problema físico, ficará afastado dos gramados por cerca de três semanas.

"Claro que nos incomoda o fato de que Leo não estará, mas, ao mesmo tempo, é um desafio para nós suprir a ausência dele e vencer os jogos que teremos pela frente. Sentiremos falta dele, mas, queremos jogar por ele, vencendo", disse o técnico do Barça, Ernesto Valverde.

O comandante, segundo a imprensa local, pensa em três opções para substituir o camisa 10. A primeira seria a troca simples do argentino pelo atacante francês Ousmane Dembélé. O brasileiro Rafinha Alcântara e o chileno Arturo Vidal seriam outras possibilidades, entrando no setor de meio.

A Inter também tem uma baixa importante, a do meia belga Radja Nainggolan, que sofreu lesão no tornozelo esquerdo, durante o clássico com o Milan, pelo Campeonato Italiano, disputado no domingo. O espanhol Borja Valero e o argentino Lautaro Martínez disputam a posição no time titular.

As duas equipes que duelarão no Camp Nou venceram os dois compromissos que fizeram na Liga dos Campeões até o momento. O Barça tem ligeira vantagem no saldo de gols, por seis a dois, no entanto, o primeiro critério de desempate na competição é o desempenho nos confrontos diretos.

Na outra partida do grupo B que acontecerá nesta quarta-feira, PSV Eindhoven e Tottenham se enfrentarão em situação desesperada, na Holanda. O perdedor, embora não corra risco de eliminação nesta terceira rodada, ficará quase sem chances de avançar às oitavas de final.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.