Sem Messi, Barcelona recebe cachê menor em amistoso

A ausência de Messi pode ser sentida tanto dentro quanto fora de campo. Depois de sofrer uma lesão muscular, algo raro em sua carreira, o astro argentino não pôde disputar o amistoso da terça-feira, contra o Hamburgo, na Alemanha. Diante disso, o Barcelona confirmou nesta quarta que recebeu um cachê menor pela participação na partida.

AE-AP, Agência Estado

25 de julho de 2012 | 20h25

Com a ausência de Messi, o cachê do Barcelona pela participação no amistoso foi reduzido em 30%, o que representa cerca de 360 mil euros. E o clube espanhol ainda não revelou quando poderá contar novamente com o astro argentino em seus jogos da pré-temporada - enfrenta o marroquino Raja Casablanca no próximo sábado, na cidade de Tanger.

No amistoso de terça-feira, o Barcelona não teve Messi e outros titulares importantes, como Xavi e Iniesta - ambos ainda estão em férias após a disputa da Eurocopa. Mesmo assim, o time espanhol, agora sob o comando do técnico Tito Vilanova, ganhou do Hamburgo por 2 a 1, com gols de Daniel Alves e Gerard Deulofeu.

Messi praticamente não sofreu lesões nas últimas quatro temporadas, quando comandou o Barcelona na conquista de 14 títulos e encantou o mundo. Nesse período, ele também foi eleito pela Fifa como o melhor jogador do planeta por três anos consecutivos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBarcelonaMessi

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.