Divulgação
Divulgação

Sem Messi, seleção da Liga dos Campeões tem três brasileiros

Thiago Silva (PSG), Willian (Chelsea) e Hulk (Zenit) estão no time

Estadão Conteúdo

15 de dezembro de 2015 | 13h14

A Uefa anunciou nesta terça-feira a sua seleção ideal da fase de grupos da Liga dos Campeões, um dia depois de a entidade ter sorteado os confrontos das oitavas de final da competição. E o Brasil, com três eleitos, foi o país com maior número de jogadores na equipe. São eles: o zagueiro Thiago Silva, do Paris Saint-Germain, o meia Willian, do Chelsea, e o atacante Hulk, do Zenit.

Mas o fato que chamou mais atenção não foi a presença de três jogadores do Brasil, e sim o de que a seleção não conta com nenhum jogador do Barcelona, o grande time da atualidade, que terminou de forma invicta a fase de grupos da Liga dos Campeões.

Neymar e Messi, dois principais astros do time catação, são finalistas da Bola de Ouro da Fifa e concorrem ao prêmio de melhor jogador do mundo com Cristiano Ronaldo, este presente na seleção ideal da Uefa como único representante português. Ele, por sinal, é o artilheiro isolado desta Liga dos Campeões, com 11 gols.

Sem nenhum astro do Barcelona, a seleção ideal da Uefa tem como uma de suas surpresas o volante belga Kums, do Gent, que também de forma inesperada garantiu classificação às oitavas de final da Liga dos Campeões.

Já os clubes com mais representantes no time ideal são o Paris Saint-Germain, com Thiago Silva e o goleiro alemão Trapp, e o Bayern de Munique, com o lateral-esquerdo austríaco Alaba e o atacante alemão Müller. Fora do trio de atacantes eleito para a seleção, Messi não participou de três jogos da fase de grupos por lesão, mas marcou três gols em três partidas e ainda deu uma assistência. Já Luis Suárez balançou as redes por cinco vezes pelo atual campeão europeu, enquanto Neymar marcou dois e deu cinco passes que resultaram em gols na competição até aqui.

O time ideal ainda conta com o lateral-direito italiano Barzagli, da Juventus, o zagueiro uruguaio Godín, do Atlético de Madrid, e o meia-atacante inglês Raheem Sterling, do Manchester City. Assim, a seleção eleita pelo site oficial da Uefa conta com a seguinte formação: Trapp; Barzagli, Thiago Silva, Godín e Alaba; Kums, Willian e Sterling; Müller, Hulk e Cristiano Ronaldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.