Sem muita festa, alemães chegam cedo ao Castelão

Após dois jogos entre seleções latinas, a cidade de Fortaleza recebe agora os europeus da Alemanha, mudando o panorama da água para o vinho. Enquanto os torcedores de Uruguai, Costa Rica, México e Brasil fizeram muita festa na capital cearense, inclusive nos dias que antecederam as partidas, os alemães são mais tranquilos e tratam de chegar cedo - é o que pode ser visto na tarde deste sábado, quando acontece Alemanha x Gana pelo Grupo G da Copa do Mundo.

PAULO FAVERO, Agência Estado

21 de junho de 2014 | 14h52

Em volta do Castelão, há muita gente na tarde deste sábado, claro, mas a festa é diferente. Os torcedores alemães são um pouco mais sérios e não fazem a bagunça que os mexicanos promoveram na última partida na capital cearense, terça-feira passada, quando Fortaleza recebeu Brasil x México. "Sinceramente, esse é o pior jogo que venho. Não estou vendendo nada", lamentou o ambulante José Silveira, nos arredores do estádio.

O clima de tranquilidade imperava no entorno do Castelão antes do jogo marcado para começar às 16 horas e até os motoristas de bike-táxi, que usam bicicletas para fazer o transporte dos torcedores até a porta do estádio, estavam à toa. A ambulante Marina também lamentou o perfil do público. "Estou aqui vendendo salgados, mas os alemães só querem saber de cerveja", contou a moça, que não é credenciada e estavam dentro do perímetro Fifa.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa 2014futebolAlemanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.