Sem Neymar e Suárez, Barcelona terá time de garotos na estreia da Copa do Rei

O torcedor do Barcelona que se acostumou a ter craques do status de Messi, Luis Suárez e Neymar terá que se acostumar com uma escalação bem mais modesta na estreia da Copa do Rei. Preocupado com o desgaste da equipe, o técnico Luis Enrique deixou de fora da relação boa parte dos titulares para o confronto diante do Villanovense, esta quarta-feira, fora de casa.

Estadão Conteúdo

27 de outubro de 2015 | 16h45

Neymar e Suárez, além do lesionado Messi, ficaram de fora. Claudio Bravo, Piqué, Mascherano, Iniesta e Busquets são outros que sequer foram relacionados. E se dependesse de Luis Enrique, todos os titulares teriam sido poupados, mas a regra da Copa do Rei não permite.

"Minha intenção é usar o máximo possível de jovens jogadores e eu queria até usar mais", declarou. "As regras, no entanto, dizem que nós temos que colocar em campo sete jogadores do time principal e esta é a situação. Mas eu acharia melhor que mais jogadores não tivessem que viajar."

A condição física dos atletas é uma preocupação do Barcelona, que já perdeu diversos nomes por lesão nesta temporada ano, como Adriano, Daniel Alves, Jordi Alba, Rafinha Alcantara, entre outros. Como não pode registrar novos jogadores até o fim do ano, por punição da Fifa, o elenco acabou ficando sem peças de reposição em diversos setores.

Desta forma, quem receberá chance na equipe contra o Villanovense é a geração de jovens talentos. Nomes bastante desconhecidos do torcedor, como Jordi Masip, Gumbau, Samper, Aitor e Kaptoum estão relacionados. Até o brasileiro Douglas terá nova oportunidade com a camisa catalã.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCopa do ReiBarcelona

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.