Christophe Petit Tesson/EFE
Christophe Petit Tesson/EFE

Sem Neymar, PSG tem brilho de Di María e avança à semifinal da Copa da França

Argentino marca duas vezes em vitória por 3 a 0 sobre o Olympique de Marselha, dentro de casa

Estadão Conteúdo

28 de fevereiro de 2018 | 19h06

No reencontro com o Olympique de Marselha, o Paris Saint-Germain repetiu os 3 a 0 do último fim de semana e garantiu vaga nas semifinais da Copa da França. Diante de sua torcida, nesta quarta-feira, o time da capital superou a ausência do lesionado Neymar e contou com o dia inspirado de Di María para avançar. O argentino marcou duas vezes, e Cavani selou o resultado.

+ Sob neve em Turim, Juventus vence Atalanta e vai à final da Copa da Itália

+ Fifa consulta técnicos sobre utilização do árbitro de vídeo na Copa do Mundo

No domingo, o PSG já havia batido o Olympique, mas pelo Campeonato Francês, no confronto marcado pela lesão sofrida por Neymar. A fissura no quinto metatarso do seu pé direito fará com que o atacante brasileiro passe por cirurgia no fim de semana, desfalcando o time da capital pelas próximas semanas.

Ainda sob o baque da perda de seu principal jogador, o PSG pareceu desligado no primeiro tempo desta quarta. Cavani, aos nove minutos, e Di María, aos 36, tiveram boas oportunidades, mas parecia faltar algo no setor ofensivo do time da casa.

Quando o Olympique começava a deixar a defesa para tentar surpreender, foi o PSG que abriu o placar. Aos 46 minutos, o brasileiro Luiz Gustavo errou na saída de bola e entregou nos pés de Draxler, que tocou para Di María. O argentino emendou da meia-lua e ainda contou com desvio no adversário para marcar.

O gol embalou os donos da casa, que demoraram apenas três minutos para ampliar no segundo tempo. Após cruzamento de Berchiche da esquerda, Abdennour falhou e Di María finalizou de primeira. Mandanda foi mal para a bola e não impediu o segundo gol.

A vantagem praticamente definiu o confronto, e o PSG passou a jogar mais solto. Aos 16 minutos, Draxler quase marcou um golaço de bicicleta, mas errou por centímetros. Quatro minutos depois, Pastore recebeu cruzamento e finalizou de cabeça, exigindo grande defesa de Mandanda.

Mesmo sem forçar, o time da casa chegaria ao terceiro gol aos 36 minutos. Verratti deu bela enfiada por cima da defesa para Pastore, que ajeitou de cabeça para o artilheiro Cavani bater cruzado e selar o placar.

No próximo fim de semana, as duas equipes voltam as atenções para o Campeonato Francês. O líder PSG visita o Troyes, no sábado, um dia antes do Olympique receber o Nantes em Marselha.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.