David Vincent/AP Photo
David Vincent/AP Photo

Sem Neymar, PSG vence Nantes com atuação decisiva de Di María

Time de Paris não tem boa atuação, mas mesmo assim conquista mais um resultado positivo

Redação, O Estado de S.Paulo

04 de fevereiro de 2020 | 19h38

O Paris Saint-Germain ganha mesmo quando não brilha no Campeonato Francês. Nesta terça-feira, apesar de uma atuação apenas regular, derrotou o Nantes por 2 a 1, no Estádio La Beaujoire, fora de casa, em duelo válido pela 24ª rodada.

Fato raro em sua história recente, o PSG entrou em campo sem nenhum brasileiro como titular, pois Neymar, com uma leve lesão nas costelas, ficou de fora da partida, assim como os zagueiros Marquinhos e Thiago Silva. E o brilho, assim, ficou com o argentino Di María, autor dos dois gols da equipe na partida.

O triunfo levou o PSG aos 58 pontos, com 15 de vantagem para o Olympique de Marselha, que vai entrar em campo nesta rodada na quarta-feira, quando visitará o Saint-Étienne.

O PSG abriu o placar da partida aos 29 minutos do primeiro tempo. Mbappé disparou em velocidade e passou para Di María, que chutou cruzado. A bola bateu em Icardi no meio do caminho e lhe rendeu o gol. O time voltaria a marcar na etapa final, aos 12 minutos, após cobrança de escanteio de Di María. Kehrer, de cabeça, mandou para as redes.

O Nantes aproveitou um vacilo do PSG para diminuir. Aos 23, Kimpembe furou ao tentar dominar a bola, Simon aproveitou para avançar, invadir a área e tocar na saída de Navas, fazendo 2 a 1. A partir daí, a equipe da casa impôs pressão sobre o PSG, mas o goleiro costarriquenho teve atuação decisiva ao fazer duas defesas difíceis, assegurando o triunfo do time parisiense, que no domingo enfrentará o Lyon, em casa.

Nas outras partidas do dia pelo Francês, o Lille superou o Rennes por 1 a 0, mesmo placar do triunfo do Monaco sobre o Angers.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.