Divulgação
Divulgação

Sem o Atlético-MG, Sandro Meira Ricci apitará a final do Mundial de Clubes

Brasileiro lidera o trio de arbitragem que contará com seus compatriotas Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse

Agência Estado

20 Dezembro 2013 | 09h21

MARRAKESH - O brasileiro Sandro Meira Ricci foi escolhido para apitar a final do Mundial de Clubes da Fifa, entre Bayern de Munique e Raja Casablanca, neste sábado, às 17h30 (horário de Brasília), em Marrakesh, no Marrocos. Com o Atlético-MG fora da decisão, ele se tornou automaticamente uma possível opção para o confronto e lidera o trio de arbitragem que ainda contará com os seus compatriotas Emerson de Carvalho e Marcelo Van Gasse como auxiliares.

Ricci já havia apitado anteriormente o jogo entre Guangzhou Evergrande e Al Ahly, no último sábado, quando a equipe chinesa derrotou o rival egípcio por 2 a 0 e se credenciou para enfrentar o Bayern em uma das semifinais da competição. Com 38 anos, Ricci também comandou a arbitragem de quatro jogos das Eliminatórias Sul-Americanas da Copa de 2014 e atuou em outros quatro confrontos do Mundial Sub-20. E agora acabou sendo designado para dirigir a partida que definirá o campeão mundial de clubes de 2013.

Já a decisão do terceiro lugar, entre Atlético-MG e Guangzhou Evergrande, terá arbitragem do iraniano Alireza Faghani, que será auxiliado pelos seus compatriotas Hassan Kamranifar e Reza Sokhandan. O jogo começará às 14h. Este juiz comandou a partida entre Raja Casablanca e Monterrey, pelas quartas de final, fase em que o time marroquino superou o adversário mexicano por 2 a 1.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.