Martin Alipaz/EFE
Martin Alipaz/EFE

Sem o lesionado Pablo Escobar, Bolívia é convocada para enfrentar o Brasil

Técnico Mauricio Soria chamou 28 jogadores

Estadão Conteúdo

25 de setembro de 2017 | 17h23

Próxima adversária da seleção brasileira nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo do ano que vem, a Bolívia foi convocada nesta segunda-feira pelo técnico Mauricio Soria. O principal destaque ficou por conta da ausência do meia-atacante Pablo Escobar, lesionado.

Escobar foi desfalque do The Strongest no fim de semana por causa de uma lesão no joelho direito. Foi justamente este problema que impediu que o meia-atacante estivesse na lista de Soria, se tornando um importante desfalque para as últimas duas rodadas das Eliminatórias.

Sem o ex-jogador de equipes como Ipatinga, Santo André e Ponte Preta, a Bolívia terá outros velhos conhecidos do futebol brasileiro à disposição. No meio de campo, Alejandro Chumacero, ex-Sport, é um dos destaques. Já o ataque deverá ser composto por Juan Carlos Arce, ex-Corinthians, e Marcelo Moreno, ex-Cruzeiro, Grêmio e Flamengo.

Penúltima colocada, com apenas 13 pontos, e sem qualquer chance de classificação para a Copa, Soria projetou duas boas partidas para ajudar no crescimento da seleção boliviana. No dia 5 de outubro, a equipe recebe o Brasil em La Paz. Cinco dias depois, fecha sua participação nas Eliminatórias diante do Uruguai, em Montevidéu.

Confira a lista de convocados da Bolívia:

Goleiros: Carlos Lampe (Huachipato-CHI), Rubén Cordano (Blooming), Romel Quiñonez (Oriente Petrolero).

Defensores: Diego Bejarano (The Strongest), José Sagredo (Blooming), Marvin Bejarano (The Strongest), Jorge Flores (Bolívar), Juan Pablo Aponte (Jorge Wilstermann), Ronald Raldes (Bolívar), Edward Zenteno (Jorge Wilstermann), Gabriel Valverde (The Strongest), Jordy Candia (Sports Boys), Luis Haquin (Oriente Petrolero), Mario Cuéllar (Sport Boys).

Meio-campistas: Pedro Azogue (Bolívar), Diego Wayar (The Strongest), Christian Machado (Jorge Wilstermann), Leonel Justiniano (Bolívar), Moisés Villarroel (Oriente Petrolero), Raúl Castro (The Strongest), Jhasmani Campos (Bangkok Glass-TAI), Alejandro Chumacero (The Strongest).

Atacantes: Juan Carlos Arce (Bolívar), Bruno Miranda (DC United-EUA), Marcelo Moreno(Wuhan Zall-CHN), Gilbert Álvarez (Jorge Wilstermann), Juan Eduardo Fierro (Bolívar), Rodrigo Vargas (Oriente Petrolero).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.