Luis Acosta/AFP
Luis Acosta/AFP

'Sem o VAR, teríamos um ponto a mais na tabela', diz técnico do Irã

Carlos Queiroz lamenta gol anulado em derrota iraniana para a Espanha

Estadão Conteúdo

20 Junho 2018 | 19h54

O técnico do Irã, o português Carlos Queiroz, lamentou o gol anulado da sua seleção na derrota por 1 a 0 para a Espanha, nesta quarta-feira, em Kazan. O lance, que quase decretou o empate no placar, foi marcado graças à utilização do árbitro de vídeo (VAR, na sigla em inglês).

+ TEMPO REAL - Irã 0 x 1 Espanha

+ Cristiano Ronaldo assume artilharia da Copa e Portugal elimina o Marrocos

"Sem o VAR, teríamos um ponto a mais na tabela. O VAR, para mim, chega um pouco tarde. Poderia ter chegado na Copa da África do Sul para anular aquele gol do David Villa contra Portugal. Está do lado da Espanha", afirmou, ao sugerir uma arbitragem parcial no jogo, em benefício dos rivais.

Queiroz comandada a seleção portuguesa naquele duelo contra a Espanha, pelas oitavas de final da Copa de 2010. Na ocasião, Villa marcou o único gol da partida em posição de impedimento, situação semelhante ao gol marcado pelo Irã - e anulado pela arbitragem, com ajuda do recurso tecnológico.

Apesar do comentário, Queiroz se disse a favor da novidade. "É uma pena, mas é justo. Eu brinco com a situação, mas os espanhóis foram campeões com justiça", declarou. "O VAR é bom para a credibilidade do futebol. A honestidade dos iranianos merecia algo a mais neste jogo, mas assim é o futebol."

 

Quanto ao rendimento do seu time, o treinador aprovou a performance do Irã, que vinha de 23 jogos sem derrota em partidas oficiais, uma das maiores séries invictas de seleções presentes no Mundial da Rússia. "Mostramos que estamos prontos para sofrer e prontos para competir. Acho que merecíamos um resultado melhor."

"Claro que a Espanha jogou um belo futebol, com grande estilo. Mas vamos tirar lições deste jogo. Se pensarmos como o tênis, tivemos um match point hoje e vamos ter outro contra Portugal. Tudo está aberto. Ainda estamos vivos, o sonho ainda existe", comentou o treinador.

O Irã é o terceiro colocado do Grupo B da Copa, com três pontos, após vencer o Marrocos em sua estreia. Espanha e Portugal somam quatro pontos cada e são os favoritos a avançar às oitavas de final. Na última rodada da chave, Portugal vai encarar Marrocos.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.