Sem objetivos no Brasileirão, Fluminense joga contra o Internacional no Maracanã

Assim como foi a sua temporada, o Fluminense recebe o Internacional neste sábado, às 19h30, no estádio do Maracanã, no Rio, sem objetivo. Sem chance de classificação para a Copa Libertadores e distante da zona do rebaixamento, o time tricolor vê a partida pela 37.ª rodada do Campeonato Brasileiro como um teste para 2016 e tenta frear as pretensões do rival colorado, quinto colocado com 56 pontos, que ainda busca uma vaga no principal torneio da América.

Estadão Conteúdo

28 de novembro de 2015 | 07h25

Na 14.ª posição com 46 pontos, o time carioca poderia viver uma situação bem melhor. Após ter encerrado o primeiro turno na quarta posição com 33 pontos, a equipe desmoronou na segunda etapa e acumula fracassos. É dona da pior campanha do returno, com apenas 13 pontos, além de ter visto as atuações decepcionantes do meia Ronaldinho Gaúcho, contratado durante o Brasileirão e já dispensado.

A queda de rendimento fez com que a equipe chegasse a correr risco de rebaixamento, situação que só foi afastada no último fim de semana com a vitória sobre o Avaí, equipe que corre risco de queda para a Série B, por 3 a 1, em Cariacica (ES).

Sem Fred, que foi liberado dos treinamentos e não joga, o time tricolor terá novidades. Conhecido por revelar jogadores, a estreia deste sábado ficará por conta do zagueiro Ygor Nogueira, que, assim como foi na base, formará dupla com Marlon, também prata da casa. O titular Gum está gripado e não foi relacionado para o jogo.

Após improvisação na lateral esquerda, Wellington Silva retorna à sua posição de origem, já que Jonathan está lesionado. No outro lado, Ayrton inicia o jogo. No meio de campo, Jean foi vetado pelos médicos e abre espaço para Edson. O prata da casa Gerson, negociado com a Roma, cumpre suspensão automática pelo cartão vermelho e não deve mais vestir a camisa do clube. Após o Brasileirão, ele se apresentará ao seu novo clube.

Na frente, a dúvida é Marcos Júnior. O jogador está com virose e será reavaliado durante o dia para saber se terá condições de atuar. Em sua ausência, o técnico Eduardo Baptista pretende adotar uma postura mais cautelosa com a entrada de Pierre no meio de campo.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoFluminense

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.