Sem Olimpíada, Turquia quer finais da Eurocopa de 2020

Capital Istambul foi derrotada pela japonesa Tóquio na disputa para sediar os Jogos

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2013 | 13h09

ISTAMBUL - Derrotada por Tóquio na escolha da sede dos Jogos Olímpicos de 2020, Istambul quer ficar pelo menos com o prêmio de consolação. Na última quarta-feira, quatro dias depois da derrota no Comitê Olímpico Internacional (COI), a Federação Turca de Futebol apresentou candidatura, que tem tudo para ser vitoriosa, para receber as semifinais e a final da Eurocopa de 2020.

 

Pela proposta turca, essas três partidas aconteceriam no Estádio Olímpico de Istambul. A arena, inaugurada em 2002, tem capacidade para cerca de 75 mil torcedores e já recebeu a final da Liga dos Campeões, em 2005. Há mais de uma década é a casa da seleção turca.

 

A edição de 2020 da Eurocopa contará com a participação de 24 seleções e pela primeira vez não acontecerá numa sede fixa. Serão 13 estádios em 13 cidades, de pelo menos 12 países diferentes, recebendo partidas da competição. Apenas o estádio que receber as semifinais e as finais tem que ter capacidade mínima de 70 mil lugares.

 

As propostas formais das cidades que desejarem abrigar o torneio deverão ser apresentadas até o fim do mês. As sedes serão escolhidas em setembro de 2014. Cada país poderá concorrer com duas candidaturas, uma para a fase de grupos e outra para as semifinais e a decisão do torneio continental. Uma candidatura vale para três jogos da fase de grupos e um das oitavas ou das quartas de final; outro pacote tem as duas semifinais e a final.

 

Turquia é a grande favorita a ficar com as partidas decisivas porque o país já dava como certo que receberia a Euro/2020 antes de a Uefa decidir pela mudança do formato. Quando as novidades foram apresentadas, o presidente da entidade, Michel Platini, afirmou que a Turquia só seria preterida se fosse escolhida sede dos Jogos Olímpicos no mesmo ano, o que não aconteceu. A Alemanha também já anunciou que indicará Munique como concorrente às finais do Europeu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolEurocopa2020

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.